Etanol teve alta de 29% nos postos em 2015

Daniel Acker/Bloomberg

Os reajustes da gasolina feitos pela Petrobras neste ano e a forte migração do consumidor para o etanol hidratado, que é usado diretamente no tanque dos veículos, fortaleceram os preços do biocombustível em 2015. O resultado é que, nos postos de todo o país, o hidratado subiu mais que a gasolina ao longo do último ano.

Conforme dados da Agência Nacional de Petróleo (ANP), em dezembro passado, o preço médio do etanol hidratado nos postos de combustíveis do Brasil foi de R$ 2,659 o litro, 29% acima dos R$ 2,061 registrados na média de janeiro do mesmo ano. O concorrente fóssil subiu bem menos em igual comparação. O preço médio do litro da gasolina C (que contém 25% de anidro) para o consumidor final atingiu R$ 3,633 em dezembro, 20% acima da média mensal de janeiro de 2015, de R$ 3,032.

Com isso, ao fim de 2015 estava mais vantajoso para o consumidor brasileiro abastecer com gasolina em vez de etanol. Isso porque, em dezembro, o preço médio do hidratado equivaleu a 73% do da gasolina C. Só é vantajoso usar etanol quando essa relação equivale a menos de 70%, conforme o parâmetro mais aceito pelo mercado. Quando o ano de 2015 começou, em janeiro, essa paridade estava em 67,9%.

No Estado de São Paulo, maior centro consumidor de combustíveis do país, o preço médio do hidratado ao consumidor em dezembro foi de R$ 2,551 por litro, 31,8% acima dos R$ 1,935 da média de janeiro de 2015. Já o preço médio da gasolina nos postos paulistas se valorizou 20% em igual comparação, para R$ 3,504 o litro.

Por conta dessa relação desfavorável, inclusive em São Paulo, o consumo do biocombustível vem caindo. Em novembro, as usinas do Centro-Sul venderam 300 milhões de litros a menos do que em outubro, segundo dados da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica). Os dados de dezembro ainda não foram divulgados, mas o mercado projeta nova queda.

Fonte: Valor | Por Fabiana Batista | De São Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *