ESTIMATIVAS – Consultoria reduz projeção para área de milho

Céleres manteve expectativa para áreas de soja e algodão em 2015/2016

NOTÍCIAS RELACIONADAS
FCStone: exportação de 28,5 mi de toneladas de milho em 2015
Plantio de soja alcança 0,55% da área prevista para Mato Grosso em 2015/2016
A consultoria Céleres divulgou seu segundo levantamento para a safra de milho, soja e algodão em 2015/2016, projetando queda na área destinada à primeira cultura, na comparação com a temporada passada, e mantendo as estimativas para as outras duas.

A superfície a ser semeada para cultura de verão do milho deve atingir 5,89 milhões de hectares, queda de 2% em relação à anterior, perdendo espaço para a soja, que deve aumentar a sua área em 2,3%, para 32,2 milhões de hectares.

– A expansão de área [de soja] não deverá ser prejudicada pela recente queda dos preços, tendo em vista que a compensação dos preços internos, resultante da alta do câmbio – diz a Céleres.

Para a cultura de inverno de milho, a Céleres projeta que a área a ser plantada em 2015/2016 deverá ser de 9,64 milhões de hectares, incremento de 4,4%.

No caso do algodão, o Brasil deve registrar 1,01 milhão de hectares de área cultivada, aumento de 1,8%.

Produtividade e produção

A Céleres também divulgou suas projeções para a produtividade das três culturas e a produção total.

A soja deve registrar uma produtividade de 3,02 toneladas por hectare, o que levará a produção a atingir 97,08 milhões de toneladas em 2015/2016, avançando 1,2% na comparação com a temporada passada.

A produção de milho de verão deve apresentar leve recuo, de 0,3%, para 30,8 milhões de toneladas, com uma produtividade média de 5,24 toneladas por hectare. Para a cultura de inverno, considerando uma produtividade de 5,92 toneladas por hectare, os produtores brasileiros devem colher 57,02 milhões de toneladas, alta de 3,2%.

A produtividade da pluma de algodão é estimada pela Céleres em 1,62 tonelada por hectare, 5,1% acima que em 2014/2015. A produção em caroço deverá ser de 2,54 milhões toneladas e a produção de pluma deve totalizar 1,64 milhão toneladas, com avanço de 7% sobre a produção da safra anterior.

Fonte : Canal Rural

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *