Erva-mate busca visibilidade

Trinta viveiristas, produtores, podadores, agroindústrias, varejistas e consumidores aderiram à Associação da Cadeia Produtiva da Erva-Mate da Região Alta do Vale do Taquari, criada neste mês, em Ilópolis. A presidente Juliana Montagner, diretora da Ximango Indústria, explica que a meta é fortalecer o setor. "Precisamos ganhar visibilidade e força." Uma das primeiras ações será o pedido de assento na Câmara Setorial da Erva-Mate. O diretor da associação, também presidente do Polo Ervateiro do Alto do Vale do Taquari e chefe do escritório da Emater, Jurandir Marques, acrescenta entre as metas a identificação geográfica de região e a certificação produtiva.
A associação engloba um grupo de 11 municípios onde atuam 35 agroindústrias. No total, são 23,1 mil hectares cultivados com uma produtividade média que varia entre nove e 22,5 toneladas por hectare.

Fonte: Correio do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *