Entidades pedem a ministro nova estratégia para o agronegócio

Documento entregue a Mendes Ribeiro pede integração dos diversos órgãos do governo para ao setor agropecuário

por Agência Estado

Elza Fiúza/ABr

Ministro Mendes Ribeiro atuaria como referência no processo de integração

As principais entidades do agronegócio brasileiroelaboraram um documento em que pedem ao ministro da agricultura, Mendes Ribeiro Filho (PMDB-RS), que coordene "uma nova estratégia para o agronegócio brasileiro". O documento com as propostas foi entregue na manhã desta quinta-feira a Mendes Ribeiro pelo ex-ministro da agriculturaRoberto Rodrigues, em audiência da qual participaram também o ex-secretário paulista de agricultura João Sampaioe o presidente da Organização das Cooperativas (OCP),Márcio Lopes.
Roberto Rodrigues explicou que, embora a pasta da agricultura tenha desenhado uma política agrícolaconsistente, como é o caso das câmaras setoriais, onde a iniciativa privada está representada, "a implementação das ações é complicada, porque os instrumentos estão dispersos em vários órgãos governo".
Ele citou como exemplo a questão dos registros de defensivos agrícolas, que dependem dos ministérios da Saúde e doMeio Ambiente. Outras questões são as negociações comerciais e a logística. Ele defendeu que o Ministério da Agricultura participe do processo de definição sobre quais são as hidrovias, ferrovias e portos mais importantes para o agronegócio.
A proposta encaminhada no documento é que haja uma integração dos diversos órgãos do governo para ao setor agropecuário, sob coordenação da presidente Dilma Rousseff. O ministro Mendes Ribeiro atuaria como referência nesse processo, "para que seja uma estratégia de Estado", disse Rodrigues.
Ele lembrou que a última estratégia para o agronegócio foi elaborada nos anos 1970, pelo então ministro Alysson Paolinelli, durante o governo do general Ernesto Geisel.

Fonte: Globo Rural

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *