EMPRESAS E NEGÓCIOS – Mais de 20% de startups do agro já faturam mais de R$ 1 milhão

Informação é do presidente da Associação Brasileira de Startups, que fez mapeamento do segmento no Brasil

mapa-startups (Foto: Divulgação/Abstartups)Onde estão as startups que atuam no agronegócio brasileiro (Foto: Divulgação/Abstartups)

A Associação Brasileira de Startups (Abstartups) se surpreendeu com alguns resultados do primeiro mapeamento das empresas de inovação tecnológica que atuam diretamente no agronegócio brasileiro. Um deles é sobre o número de agtechs, como são chamados esses negócios. Segundo o levantamento, existem atualmente 182 startups de agro em atividade no país. Maior parte delas, segundo o presidente da Abstartups, Amure Pinho, ainda está na fase inicial, possui de três a dez funcionários e “provavelmente paga as contas”, diz ele em entrevista exclusiva à Globo Rural. Do total de empresas, de 20% a 23% já faturam mais de R$ 1 milhão ao ano, segundo Pinho. Outros cerca de 25% faturam entre R$ 500 mil e R$ 1 milhão ao ano. Um dos dados que chama atenção é a quantidade de empresas que tem um programa/software como produto. Segundo o mapeamento, 76% usam essa forma, conhecida como SaaS (Software/programa como um serviço, na tradução para o português) para gerar receita. E 69% dos negócios estão dedicados a resolver problemas da porteira para dentro. Para Pinho, apesar de a quantidade de empresas ser considerada alta, o setor produtivo ainda tem potencial de atuação para os empreendedores.

Ele acredita que o ecossistema de agtechs no Brasil deve se fortalecer e amadurecer à medida em que grandes empresas do setor se interessarem por esse negocio e os adquirirem. “A hora que um grupo como BRF ou Kraft começar a investir ou fazer aportes ou contratar essas empresas, veremos um ‘boom’ nesse segmento. A falta de acesso à internet no meio rural não é o maior problema. Hoje já existe tecnologia para levar acesso remoto ao campo”, destaca.

startups-números (Foto: Divulgação/Abstartups)Números do levantamento da Abstartups (Foto: Divulgação/Abstartups)

POR CASSIANO RIBEIRO

Fonte : Globo Rural

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.