Empresa tem pedido de compensação de dívida negado

O juiz da 2ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais de São Paulo, Caio Marcelo Mendes de Oliveira, negou à empresa Refrex Brasil Indústria e Comércio Ltda. pedido de compensação de dívida de empréstimo de R$ 2 milhões com debêntures da Santospar, empresa coligada ao Banco Santos.

Na decisão, o juiz entendeu que não pode haver buy cialis no prescription essa compensação, porque o Banco Santos e a Santospar são pessoas jurídicas distintas. Dessa forma, condenou a Refrex a pagar integralmente a dívida. O magistrado afirmou ainda na sentença não ter dúvida de que a se a instituição bancária não tivesse falido, “muito provavelmente a autora (Refrex) teria resgatado, sem maiores problemas, o valor aplicado em sua coligada. Contudo, correu pills no prescription o risco da aplicação financeira, comum a este tipo atividade”.

Fonte: Gazeta Mercantil/Caderno A – Pág. 14

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *