Embrapa participa de feira de agronegócios em Bebedouro, SP

 

A Embrapa participou em Bebedouro (SP), entre os dias 1º e 04 de agosto, da 17a Feira de Agronegócios Coopercitrus (FEACOOP) realizada pela Cooperativa de Produtores Rurais (Coopercitrus). O evento ocorreu na Estação Experimental de Citricultura da cidade. A cooperativa conta com mais de 25 mil cooperados e 58 unidades regionais. A Feira foi prestigiada por um público aproximado de 15 mil pessoas e contou com 160 expositores.
Participaram da abertura, no dia 1º de agosto, autoridades políticas e lideranças do agronegócio paulista, como o secretário de Agricultura e Abastecimento do estado de São Paulo, Arnaldo Jardim, o presidente executivo da Coopercitrus, José Vicente da Silva, entre outros. O pesquisador da Embrapa Cerrados, Luiz Adriano Maia Cordeiro, bem como o chefe-geral da Embrapa Pecuária Sudeste, Rui Machado, e o chefe de Transferência de Tecnologia dessa unidade, André Novo, também estavam presentes na abertura do evento.
Marcaram presença no estande institucional da Embrapa as seguintes Unidades: Embrapa Pecuária Sudeste, Embrapa Cerrados e Embrapa Mandioca e Fruticultura. Os assuntos que mais despertaram interesse nos visitantes foram os sistemas de ILP e ILPF e cultivares de soja e de forrageiras. No segundo dia do evento, o pesquisador Luiz Adriano Cordeiro proferiu a palestra de abertura da dinâmica de sistemas de integração, enfatizando os conceitos e os benefícios que a tecnologia pode propiciar ao setor produtivo.
Com o tema "Sustentabilidade na Prática", a 17a FEACOOP também promoveu oportunidades de negociações diferenciadas e dinâmicas de campo que mostraram alternativas sustentáveis para o aumento de produtividade e rentabilidade com o uso racional do solo com o sistema ILP (Integração Lavoura-Pecuária) e ILPF (Integração Lavoura-Pecuária-Floresta) e com a tecnologia das Mudas Pré-Brotadas de cana-de-açúcar e o campo de grãos, ambos inteiramente planejados com projetos de Agricultura de Precisão.
Unidade de Referência Tecnológica – as dinâmicas de ILP e ILPF foram realizadas na URT implantada numa área de aproximadamente seis hectares, que tem como objetivo principal apresentar diferentes sistemas de integração visando ações de validação e transferência de tecnologia na região Norte do Estado de São Paulo. Essa URT faz parte de um programa de capacitação continuada em sistemas de integração que a Embrapa Pecuária Sudeste, em parceria com a Embrapa Cerrados, oferece para os técnicos da Coopercitrus, e que também servirá para visitação e treinamento de produtores rurais que adotam ou pretendem adotar esses sistemas.
Nessa URT, foram implantados sistemas de ILP (sistema agropastoril), de ILPF (sistema agrossilvipastoril) e uma vitrine de espécies forrageiras. Os sistemas de ILP são compostos por milho e sorgo para grãos e silagem consorciados com Brachiaria brizantha cv. BRS Paiaguás, mantendo-se a forrageira após as colheitas; e o outro sistema de ILP foi implantado com braquiária solteira em sucessão após a colheita da cultura da soja. Já os sistemas de ILPF são compostos por espécies florestais plantadas em renques de linha simples com espaçamento de 20 metros entre linhas com eucalipto citriodora, mogno e teca consorciados com Brachiaria brizantha cv. BRS Paiaguás.

Portal Cultivar

Fonte : Easycoop