Embarques de carne bovina recuam 20%

As exportações brasileiras de carne bovina renderam US$ 2,7 bilhões no primeiro semestre, queda de 20,1% na comparação com os US$ 3,38 bilhões reportados em igual período de 2014, de acordo com dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) compilados pela Associação Brasileira dos Frigoríficos (Abrafrigo).

Em volume, as exportações de carne bovina também tiveram forte queda. No primeiro semestre, os frigoríficos brasileiros embarcaram 635 mil toneladas para o exterior, redução de 16% ante as 755 mil toneladas exportadas em igual intervalo de 2014.

Dos quatro principais importadores do Brasil, Hong Kong, Rússia e Venezuela reduziram drasticamente as compras da carne brasileira. No primeiro semestre, a cidade-Estado chinesa importou 141 mil toneladas, queda de 25,3% na comparação anual.

A menor importação de Hong Kong reflete a fiscalização da China no combate à triangulação de carnes. Geralmente, a carne importada por Hong Kong é consumida na China continental.

Nos casos de Rússia e Venezuela, a redução nas importações de carne bovina do Brasil está ligada à queda nos preços do petróleo – importante fonte de divisas dos dois países. No primeiro semestre, a Rússia comprou 95 mil toneladas da carne brasileira, redução de 45,1%. A Venezuela, por seu turno, reduziu as compras em 43,7%, para 44 mil toneladas.

E não foram apenas os maiores importadores que diminuíram as compras de carne bovina brasileira. Conforme levantamento da Abrafrigo, entre todos os países que compram o produto brasileiro, 71 registraram queda. Por outro lado, 61 países ampliaram as compras.

Fonte: Valor | Por Luiz Henrique Mendes | De São Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *