Embarque do Brasil recuou 8,7%

As exportações brasileiras totais de café somaram 2,564 milhões de sacas em janeiro passado, um recuo de 8,7% em relação às 2,809 milhões de sacas de igual mês de 2016, segundo o Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé).

A receita com esses embarques alcançou US$ 449,6 milhões, uma alta de 8,3% sobre os US$ 415,1 milhões de janeiro de 2016, refletindo a valorização dos preços internacionais do café em janeiro. De acordo com o Cecafé, o preço médio do produto na exportação foi de US$ 175,34 por saca, alta 18,6% em relação a janeiro de 2016.

Em nota, o presidente do Cecafé, Nelson Carvalhaes disse que os números de janeiro confirmam as previsões de exportações feitas no fim de 2016, com os embarques em 2,5 milhões de sacas.

Do total de 2,564 milhões de sacas exportadas em janeiro, 2,364 milhões foram de café arábica verde, queda de 3,9% em relação a igual mês de 2016. Também foram exportadas 22,119 mil sacas de café conilon verde, 71,7% menos do que em janeiro de 2016. As vendas externas de conilon despencaram novamente em função da menor oferta do produto no Brasil em decorrência principalmente da quebra da safra no Espírito Santo.

As exportações também incluíram 174,743 mil sacas de café solúvel. O volume foi 35% inferior ao de janeiro de 2016, também refletindo a oferta escassa de conilon, que é a principal matéria-prima do café solúvel. Já os embarques de café torrado e moído subiram 56% em relação a janeiro de 2016, para 3,2 mil de sacas no mês passado.

Por Alda do Amaral Rocha | São Paulo

Fonte : Valor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *