Embarque de carne bovina deve superar US$ 6 bilhões

Apesar das restrições de alguns países, a receita com as exportações de carne bovina avançou 14,12% de janeiro a agosto na comparação com igual período de 2012, alcançando US$ 4,17 bilhões, informou ontem a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (Abiec). Em volume, o crescimento na mesma comparação foi de 20,57%, para 944 mil toneladas.

A previsão da associação é de que a receita com as vendas externas no ano superem US$ 6 bilhões. As exportações de carne bovina in natura, o produto mais demandado, somaram US$ 3,3 bilhões de janeiro a agosto. O volume exportado no período somou 738 mil toneladas, segundo a Abiec.

Apesar do embargo da Rússia, o país liderou o ranking de compradores internacionais da carne bovina brasileira em agosto. Ao todo, foram 32 mil toneladas embarcadas, ultrapassando Hong Kong que atingiu 29 mil toneladas.

Das 56 plantas de carne bovina brasileiras cadastradas para exportar à Rússia, 14 estão autorizadas a vender, 32 estão com restrições temporárias e quatro em controle reforçado. Outras seis plantas aguardam resultado de análise laboratorial de amostras feita pelos russos.

Em nota, o presidente da Abiec, Antônio Camardelli, disse que o setor percebeu, nos últimos meses "forte recuperação da competitividade brasileira com a abertura de novos mercados, a modernização das tecnologias no campo, especialmente na logística de embarque da carne". Diante disso, a expectativa é fechar o ano com receita superior a US$ 6 bilhões na exportação.

© 2000 – 2013. Todos os direitos reservados ao Valor Econômico S.A. . Verifique nossos Termos de Uso em http://www.valor.com.br/termos-de-uso. Este material não pode ser publicado, reescrito, redistribuído ou transmitido por broadcast sem autorização do Valor Econômico.
Leia mais em:

http://www.valor.com.br/agro/3273544/embarque-de-carne-bovina-deve-superar-us-6-bilhoes#ixzz2fFMMu1tr

Fonte: Valor | Por Tarso Veloso | De Brasília

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *