Em reunião na FARSUL, Clube da Irrigação projeta 2015

O Clube da Irrigação realizou seu último encontro do ano. A reunião, que aconteceu na sede da FARSUL, serviu para o início da organização do calendário de 2015. O presidente do Sistema FARSUL, Carlos Sperotto, acompanhou a atividade onde também foram apresentados os resultados obtidos durante 2014 nas lavouras de soja e milho monitoradas pelo Clube.

Conforme o chefe da Divisão Técnica do SENAR-RS e presidente do Clube da Irrigação, João Augusto Telles, a média de produção deste ano ficou em 280 sacos de milho por hectare e de 100 sacos de soja. O objetivo é atingir 300 sacos de milho e 120 sacos de soja, números já alcançados em alguns picos de produção. Para isso, o desafio para o próximo ano é aumentar a produtividade, chegando o mais próximo possível da meta estipulada.

Telles destaca que, para alcançar objetivo é necessário não apenas o aperfeiçoamento de técnicas de irrigação, mas também de manejo de pragas. "O Clube também tem a preocupação com essa atividade, principalmente quando se fala de soja. Nós temos que estar atentos e o produtor também, é isso que nós pretendemos juntamente com os técnicos das empresas, levar essa informação a quem produz", comenta.

A reunião também serviu para definir as datas dos primeiros eventos do próximo ano. No dia 22 de janeiro acontece o Tour Amarelo em local ainda em aberto e entre os dias 10 e 12 de fevereiro é a vez do Rally que sairá de Seberi, indo até Bagé.

O clube ganhou uma nova empresa integrante a partir desse encontro. A Bayer CropScience passa a integrar o Clube trazendo sua expertise na área de defensivos agrícolas. O Clube da Irrigação surgiu em 2010 por iniciativa da Comissão de Irrigantes da Farsul. Também fazem parte do Clube, o Senar-RS, a UFSM (Universidade Federal de Santa Maria), empresas de sementes, de fertilizantes e de equipamentos agrícolas.

Assessoria de Comunicação do SENAR-RS
www.senar-rs.com.br

Fonte: Senar-RS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.