Em discurso na CNA, Dilma destaca importância da agropecuária na economia brasileira

Fonte: Ruralbr

Presidente da República discursou no encerramento do seminário em homenagem aos 60 anos da entidade

Atualizada às 21h53

Roberto Stuckert Filho

Foto: Roberto Stuckert Filho / Presidência da República

Presidente Dilma Rousseff participou do encerramento do seminário em homenagem aos 60 anos da CNA

A presidente Dilma Rousseff afirmou, nesta quarta, dia 23, que o Brasil é uma potência agropecuária. Ela participou do encerramento do seminário “Os Desafios do Brasil como 5ª Potência Mundial e o Papel do Agronegócio”, em comemoração aos 60 anos da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). Dilma também destacou que o setor responde por 22,4% do Produto Interno Bruto nacional.

– Estou certa de que todos, explícita ou implicitamente, sabem que o Brasil é hoje uma potência agropecuária. Além de produzirmos a maior parte dos alimentos que nossa população consome, somos os maiores produtores mundiais dos complexos de soja, açúcar, carne e produtos florestais – diz.

No seu discurso, ela fez um cumprimento especial aos sindicatos do setor presentes ao evento e exaltou, em vários momentos, os produtores do país, tidos por ela como “verdadeiros empreendedores e batalhadores incansáveis".

– Acredito que, sem dúvida, a agricultura deu uma contribuição essencial para termos chegado até aqui a esse momento em que o Brasil mostra sua força, capacidade e, sobretudo, um novo presente e um novo futuro, com perspectivas. E todos reconhecem. Tanto investidores quanto consumidores, população – aponta.

A presidente ressaltou ainda que o Brasil, atualmente, exporta produtos agrícolas para 214 destinos internacionais.

– Essa posição privilegiada do Brasil foi conquistada respeitando e fortalecendo a convivência e complementaridade de pequenos, médios e grandes produtores – completou.

Agência Estado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *