ECONOMIA E EMPREGO–Agropecuária – "Matopiba" se consolida como nova fronteira agrícola do País

São 324 mil estabelecimentos agrícolas no MA, TO, PI e BA, em área que produziu 9,4% da safra de grãos 2014/2015

Divulgação/EBCÁrea tem quase 6 milhões de habitantes e 324 mil estabelecimentos agrícolas

Área tem quase 6 milhões de habitantes e 324 mil estabelecimentos agrícolas

Itens relacionados

Brasil lança plano agropecuário para região do Matopiba

Governo quer impulsionar a agricultura no Norte do Brasil

Produção estimada de grãos é de 198,5 milhões de toneladas

Financiamento agrícola atingiu R$ 40 bi de julho a setembro

A região do "Matopiba", formada por 73 milhões de hectares distribuídos pelos estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia, produziu 9,4% das 209,5 milhões de toneladas de grãos na safra 2014/2015. O Matopiba foi responsável por 19,7 milhões de toneladas de algodão em pluma, soja, arroz e milho, em uma área de 5,7 milhões de hectares.

A região conta com quase 6 milhões de habitantes e 324 mil estabelecimentos agrícolas. Somente na soja, o Matopiba produziu 8,7 milhões de toneladas de soja 2013/2014.

Com tamanha produção, o Matopiba reforça sua posição como nova fronteira agrícola do País. De acordo com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), mais 10 milhões de hectares podem ser incorporados à área plantada. Atualmente, a área engloba 337 municípios distribuídos em 73 milhões de hectares.

Na temporada 2014/2015, a produção de soja teve aumento de 21,7% e chegou a 10,5, milhões de toneladas, equivalentes a 11% da produção nacional de soja. A Bahia se destaca em produtividade, com 2.940 quilos por hectare e 4,2 milhões de toneladas colhidas. De acordo com o sojicultor Emir Wendler, de Balsas (MA), a produção poderia ter sido maior, não fosse a lagarta e a mosca branca que atacaram as plantações no início deste ano, além da falta de chuva.

No ciclo 2013/2014, o Matopiba colheu 4,42 milhões de toneladas de milho. A produção subiu para 4,45 milhões de toneladas na safra atual, o que equivale a 5% do total nacional. O Maranhão sobressaiu com 1,3 milhão de toneladas. A maior produtividade foi registrada no Piauí, com 7.186 kg/ha.

A produção de algodão em pluma do Matopiba, em uma área de 315 mil hectares, chegou a 495 mil toneladas na última safra – a maior parte na Bahia. O volume equivale a 32% da produção brasileira.

No cultivo de arroz, o Tocantins destaca-se na produção (605 mil toneladas) e na produtividade (4.745 kg/ha). A região produziu 986 mil toneladas do cereal na safra 2014/2015, equivalentes a 8% do total nacional.

A área do Matopiba caracteriza-se pelo baixo preço das terras e pela uniformidade do clima, do solo e do relevo, que facilitam a mecanização agrícola e tem atraído cada vez mais agricultores.

Portal Brasil, com informações do Agência Brasil

Fonte: Midia News