E-COMMERCE – . CD da Amazon no RS terá mais 300 vagas de emprego; total chegará a 1 mil postos

CD da Amazon está nos detalhes finais da obra e começa a operar em outubro em parque logístico

CD da Amazon está nos detalhes finais da obra e começa a operar em outubro em parque logístico

O número de vagas de emprego no centro de distribuição (CD) da gigante Amazon, que começa a funcionar em outubro no Rio Grande do Sul, anunciado em 700, vai ser ainda maior. Informação obtida pelo Jornal do Comércio aponta que serão mil postos de trabalho abertos até fim de janeiro de 2021.

A seleção começou há um mês e será para o CD que montado no 3SB Parque Logístico, numa área com 41 mil metros quadrados construídos no complexo em Nova Santa Rita, ás margens da BR-386.

A Amazon terá a maior área do 3SB. As vagas são para atuar na empresa suíça Kuehne+Nagel, que vai fazer a operação do centro, o que envolve a movimentação de mercadorias adquiridas pela plataforma da Amazon. A gigante norte-americana até hoje não confirmou oficialmente o CD, mas as tramitações para a implantação da estrutura logística na prefeitura de Nova Santa Rita são feitas em nome da Amazon.

A gerente de Operações Luandre Sul, que coordena a seleção, Angelina Vinci, confirma o número total de vagas. "Temos incialmente as 700 vagas, que podem chegar a mil até o fim de janeiro. A sinalização é do cliente e do mercado", garante Angelina, que, por razões de confidencialidade, não pode revelar os contratantes.

A ampliação, explica a executiva para a Região Sul, segue o crescimento acelerado do setor de logística, impulsionado pelas vendas online, recurso cada vez mais buscado na pandemia. A largada no CD ainda em outubro também pode estar relacionada à Black Friday, que é em fim de novembro, mas que, no Brasil, movimenta promoções durante todo o mês. Este ano a tendência é de uma super Black Friday, devido aos hábitos com o novo coronavírus.

Além das funções de auxiliar logístico e de operador de empilhadeira, que foram listadas no primeiro anúncio de vagas, também há postos de assistente e analista logístico, ressalta Angelina.

A Luandre montou um escritório físico dentro do parque logístico para fazer os procedimentos. Os primeiros contatos devem ser por videoconferência, parte devido a restrições da crise sanitária, mas testes a ser aplicados envolverão etapas presenciais.

Angelina ressalta que é importante que as pessoas inscritas fiquem atentas a contatos feitos por sua equipe. Muitas pessoas acabam não atendendo e podem ficar fora do processo de seleção. "São oportunidades boas. Os candidatos têm de ficar atentos ao chamamento por telefone", dá a dica. "Com o momento crítico da pandemia, a ideia é alcançar o maior número de pessoas."

A gerente da empresa de RH, com 11 escritórios em todo o Pais, incentiva ainda que todos os interessados que se identificarem com o perfil das ofertas, principalmente quem conhece operações logísticas, façam seu cadastro no site da empresa – www.luandre.com.br.

As inscrições também podem ser feitas pelo https://luand.re/aux-logistico-rs (auxiliar logístico) e https://luand.re/oper-empilhadeira-rs (operador de empilhadeira). Quem tiver dificuldade de navegar no site pode enviar o currículo para o e-mail sul@luandre.com.br.

Além do Rio Grande do Sul, este mês a companhia global e líder em seu setor, além de ser uma das marcas mais valiosas do mundo, anunciou seu quarto CD no Brasil, que será em Cajamar, em São Paulo.

A noticia do investimento para atender à demanda de e-commerce, que cresce em meio à pandemia, ameniza a perda de outra operação na área, da concorrente Mercado Livre. A empresa argentina teria, por meio de sua operação brasileira, uma estrutura em Gravataí, que acabou sendo suspensa.

Outra empresa que está com vagas abertas é a Panvel. São 500 postos para contratação em diversas cidades gaúchas.

3SB/DIVULGAÇÃO/JC

Patrícia Comunello

Fonte : Jornal do Comércio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *