Dívidas da Doux Frangosul somam mais de R$ 460 milhões

Levantamento extraoficial obtido pelo jornal Zero Hora estima que seriam necessários R$ 140 milhões para retomada plena dos negócios

Diogo Zanatta

Foto: Diogo Zanatta / Especial

Fábrica da Doux Frangosul no município de Passo Fundo, no Rio Grande do Sul

Dados de levantamento extraoficial obtido por Zero Hora indicam que as dívidas da Doux Frangosul somariam R$ 466 milhões. A condição financeira da empresa, que está em dificuldade desde 2008, é um dos fatores determinantes na negociação com a JBS, que está avaliando se a compra seria vantajosa.

Conforme fontes que acompanham a situação da empresa, para aretomada a pleno dos negócios seriam necessários cerca de R$ 140 milhões – R$ 37,4 milhões para os produtores, R$ 17 milhões para insumos, R$ 34 milhões para ração, R$ 40,8 milhões para transporte e R$ 10,2 milhões para pagar salários.

Entre os principais credores estão o Oppenheimer Bank, a quem a empresa deveria R$ 110 milhões, o Banco do Brasil, R$ 71 milhões, o Aldwych Adm, R$ 70 milhões e o Banrisul, com empréstimos de valor não conhecido. O diretor-geral da Doux, Aristides Vogt, estaria na França negociando a unidade gaúcha.
Sem posição oficial sobre a aquisição, a JBS Friboi informou que se as dívidas forem renegociadas, a compra pode se tornar atrativa. Por causa do endividamento, o arrendamento poderia ser mais interessante, avalia Osler Desouzart, da OD Consulting. 
– Na aquisição, o comprador adquire ativos e passivos. No arrendamento, paga uma espécie de aluguel, sem herdar dívidas – diz Desouzart.
No entanto, o consultor acha que a solução ainda está longe. A demora, segundo Francisco Turra, presidente da União Brasileira de Avicultura (Ubabef), desvaloriza o negócio.

– Para que a venda seja boa para todos, tem que ser feita o mais rápido possível – afirma Turra.

rápido possível – afirma Turra.

Fonte: Ruralbr | Lara Ely lara.ely@zerohora.com.br | ZERO HORA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *