DIRETAS DE NÃO-ME-TOQUE

Com a passagem do ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, pela Expodireto, ontem, agora só falta a mostra receber a visita de um presidente da República. ‘Vou me empenhar para ver se algum desses países que estão aqui não traz seu presidente na próxima edição’, ironizou o presidente da Cotrijal, Nei Mânica, ontem, durante café da manhã com a imprensa.

Assim como ocorre nas grandes cidades, a cada ano, o crescimento da Expodireto amplia gargalos logísticos. Entre os desafios para a mostra de 2014 citados pelo presidente da Cotrijal, Nei Mânica, constam alternativas de acesso ao parque e novo espaço para alimentação dos visitantes.

Conversa entre produtores de aves que circulavam na Expodireto indica que o ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, ao sair do parque da Expodireto, leva em sua pasta o pedido que o Finame para construção de aviários de 12 mil metros quadrados suba dos atuais R$ 130 mil para R$ 300 mil.

Fonte: Correio do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *