DIFERENTEMENTE DE ANOS ANTERIORES – Plano Safra pode ser lançado com juros de mercado, diz Tereza Cristina

Segundo a ministra da Agricultura, essa pode ser a solução caso o Congresso não aprove o crédito suplementar solicitado pelo governo; ela também comentou ideia de dividir anúncio em duas partes

Ministra da Agricultura, Tereza Cristina, fala sobre as taxas de juros do Plano Safra 2019/2020Ministra da Agricultura, Tereza Cristina, fala sobre as taxas de juros do Plano Safra 2019/2020.
Foto: Guilherme Martimon/Mapa

O Plano Safra 2019/2020 pode ser lançado com taxas de mercado caso o crédito suplementar solicitado pelo governo não seja aprovado pelo Congresso, afirmou a ministra da Agricultura, Tereza Cristina. “A equalização dos juros pode não acontecer. A maioria dos programas do Banco do Brasil e de outros bancos que o agricultor acessa tem juros diferenciados”,  explicou.

A ministra também admitiu que uma das ideias que surgiram é que o anúncio do crédito rural seja dividido em duas partes. A primeira com juros de mercado e outra com taxas equalizadas. “Mas esse é um plano B, eu não trabalho com essa hipótese”, afirma.

  • As declarações foram dadas nesta segunda-feira, dia 10, após Tereza Cristina participar da abertura do One Agro, evento que reúne líderes do agronegócio, em Campinas (SP), para debater ciência e tecnologia digital, sustentabilidade e desenvolvimento e o impacto do agronegócio brasileiro no mundo.

    Por Canal Rural

    Fonte : Canal Rural