Dia do Folclore – A agricultura familiar presente na cultura do Brasil

O dia 22 de agosto é popularmente conhecido como o Dia do Folclore Brasileiro. Criado por meio do Decreto nº 56.747, o Congresso Nacional estabeleceu que a partir do ano de 1965, a data seria comemorada com a intenção de valorizar as manifestações folclóricas no país e creditar as histórias e personagens do folclore brasileiro. Dessa forma, a cultura popular ganhou mais importância e possibilitou a passagem da cultura folclórica nacional de geração a geração.

Derivada do termo inglês folklore, que une os radicais “folk”, que significa povo, e “lore”, que significa instrução, aprendizado, sabedoria, folclore é entendido literalmente como sabedoria popular ou um conjunto de práticas de determinado povo, como exemplo, conhecimentos, costumes, crenças, parlendas, contos, mitos, lendas, adivinhas, músicas, danças e festas populares de uma cultura e região.

Muitas são as lendas do folclore brasileiro. A lenda da mandioca é somente uma entre milhares e tem a sua origem na cultura indígena, trazendo em seu conteúdo a origem dessa raiz nutritiva essencial na alimentação dos índios.

A Lenda da Mandioca

Conta a lenda que Mani, uma índia muito estimada pela tribo tupi era neta do cacique e rejeitada por ele, pois a mãe da indiazinha não sabia explicar como havia ficado grávida. Um dia, o cacique teve um sonho que o fez acreditar na sua filha e desde então passou a aceitar a gravidez, e ficou muito contente com a chegada da sua neta.

Foi quando um dia a pequena Mani foi encontrada morta por sua mãe e, mesmo sem vida, apresentava um semblante sorridente. Triste com a perda, sua mãe a enterrou dentro da sua oca e suas lágrimas umedeciam a terra tal como se estivesse sendo regada.

Dias depois, nesse mesmo local nasceu uma planta, diferente de todas as que conhecia, a qual ela passou a cuidar. Percebendo que a terra estava ficando rachada, cavou na esperança de que pudesse desenterrar sua filha com vida. No entanto, encontrou uma raiz, a mandioca, que recebeu esse nome em decorrência da junção do nome de Mani e da palavra Oca.

A Mandioca

A mandioca é uma planta nativa da América do Sul e foi o principal produto agrícola das nações indígenas quando os portugueses chegaram ao Brasil. Desde então, o produto passou a ser essencial na vida das populações rurais e alimento básico do povo brasileiro. Hoje, a mandioca é cultivada e utilizada como alimento em todas as regiões do país. O Brasil participa com 10% da produção mundial e é o segundo maior produtor do mundo, onde 83% dessa produção provém da agricultura familiar.

De fácil adaptação, a mandioca é cultivada em todos os estados brasileiros, situando-se entre os oito primeiros produtos agrícolas do país em termos de área cultivada e o sexto em valor de produção.

A Agro Verde, Cooperativa de Produtores Rurais, fundada em junho de 2012, tem na mandioca seu carro-chefe, tanto é que, só neste ano, participaram de duas feiras importantes levando a mandioca e seus derivados como representação: a Bio Brazil Fair-Biofach América Latina – Feira Internacional de Produtos Orgânicos e Agroecologia e a Saitex – Feira Internacional da África do Sul.

No preparo do solo, no plantio, na colheita e no processamento, a produção da mandioca, ou como preferem chamar na cooperativa, “aipim”, é feita com todo cuidado. A mandioca é uma planta que requer pouca manutenção, mas para se desenvolver saudavelmente ela deve ser cultivada em regiões que registram temperaturas altas, pois o calor e a luminosidade favorecem o seu crescimento.

A presidente da cooperativa Maria do Socorro da Silva Ferreira, 56 anos, afirma que tiveram excelentes resultados nas feiras e que agora se preparam para exportar a mandioca para outros países. “São muitos os motivos que nos incentivam a investir no plantio. Esse alimento é muito consumido no Brasil, o que faz com que a produção tenha estabilidade no mercado e evite que ele sofra inconstâncias e prejuízos”, justifica.

A mandioca é uma fonte de proteínas, que vem se popularizando pelo mundo. Saborosa, nutritiva e com uma enorme diversidade de preparos na culinária não está presente somente no prato do brasileiro, mas também nos livros de histórias e na cultura do Brasil.

Assessoria de Comunicação
Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário
Contatos: (61) 2020-0120 / 0122 e imprensa@mda.gov.br

Albino Oliveira

Fonte : MDA