Desmatamento na Amazônia atinge 385 quilômetros quadrados em outubro

Fonte: Globo Rural

Pesquisa aponta Rondônia como o estado que mais derrubou árvores na região durante o mês

por Globo Rural On-line

 Shutterstock

De acordo com dados divulgados nesta terça-feira (29/11) pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), aAmazônia perdeu 385,5 quilômetros quadrados de florestas no mês de outubro. A área é 52% maior que a registrada em setembro, quando os satélites identificaram 253,8 quilômetros quadrados de novos desmatamentos.
Segundo a pesquisa, Rondônia foi o estado que mais desmatou em outubro, com 128,5 quilômetros quadrados de floresta a menos, seguido pelo Pará, com 119 quilômetros quadrados de derrubadas.
O Detecção do Desmatamento em Tempo Real (Deter), que revela dados mensais, monitora áreas maiores de 25 hectares e serve para orientar a fiscalização ambiental. Além do corte raso (desmatamento total), o sistema registra a degradação progressiva da floresta.
A taxa anual de desmate é calculada por outro sistema, o Projeto de Monitoramento do Desflorestamento na Amazônia Legal (Prodes), que avalia áreas menores. Em 2010, a taxa anual foi sete mil quilômetros quadrados.
A nova estimativa de desmatamento anual, com dados para o período entre agosto de 2010 e julho de 2011, deve ser divulgada nas próximas semanas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *