DANILO UCHA – Vitivinicultores cobram promessa do ministro

Ministro Rossetto prometeu baixar o imposto sobre o vinho

Ministro Rossetto prometeu baixar o imposto sobre o vinho

Os produtores de vinho do Rio Grande do Sul estão na expectativa de que o ministro do Trabalho e Previdência Social, o gaúcho Miguel Rossetto, consiga que o governo federal baixe o preço do IPI do vinho de 10% para 6%, conforme ele prometeu na abertura da Festa da Uva, em Caxias do Sul, no mês passado. O problema é que este aumento para 10% foi feito pela própria presidente da República, Dilma Rousseff, no início de janeiro. De acordo com os produtores, o aumento veio em momento de queda de safra e quando o vinho nacional teria mais chance de concorrer com o estrangeiro, encarecido pelo aumento do dólar. A redução do IPI e a questão do seguro agrícola para os vitivinicultores serão discutidos por deputados estaduais e federais com produtores amanhã, na Festa da Uva, em Caxias do Sul.

Escala

O publicitário paulista Flávio Waiteman assumiu como diretor nacional de criação da agência gaúcha Escala. Também ficou no comando criativo do escritório em Porto Alegre. A agência foi fundada há 43 anos.

Ecossis

A Ecossis Soluções Ambientais está completando 10 anos de atuação. Está lançando seu calendário 2016 com fotos feitas em várias partes do País onde seus técnicos trabalharam junto à natureza.

Livros

Dois gaúchos lançaram livros ontem, em Nova Iorque. Tânia Zambon, de Três Passos (RS), apresentou, no Punto Space, A última chamada para a cura, uma orientação de como vencer a nós mesmos, afastando-se da experiência de morte e descobrindo os próprios antídotos para viver uma vida plena e saudável. O diretor de marketing do Instituto Tânia Zambon, Alex Duarte, de São Luiz Gonzaga (RS), lançou Cromossomo 21, que conta a história de Vitória, uma menina com síndrome de Down. O livro já virou filme, que será lançado nos próximos meses no Brasil.

Lastimável

"Neste momento em que a crise econômica e política coloca o País em franca recessão e descrédito, e que o Rio Grande do Sul vive profundas dificuldades financeiras, com crescimento do desemprego, fechamento de empresas e queda de confiança das famílias e dos empresários, é lastimável a aprovação de um reajuste de 9,61% no piso regional." A posição é do presidente da Fecomércio-RS, Luiz Carlos Bohn, que sempre se posicionou contrário não só ao índice de reajuste, mas também à própria manutenção do piso regional no Estado.

Garrafa térmica

Entre as muitas queixas dos consumidores contra produtos industriais, uma das mais recorrentes atinge as prosaicas garrafas térmicas que os gaúchos muito usam para conservar a água quente do seu chimarrão. Dizem que as atuais conservam menos do que as antigas, quando deveria-se esperar o contrário, diante da evolução tecnológica. A Soprano, de Caxias do Sul, está lançando um modelo novo, a Lótus, e garante que tem modernidade, praticidade, design e "nota 10 em funcionalidade e eficiência".

Espumantes

O enólogo argentino Adolfo Lona, radicado no Rio Grande do Sul há mais de 40 anos, onde ajudou a desenvolver grandes vinhos e espumantes, realizará cursos especiais para mulheres sobre espumantes. Os cursos serão leves, descontraídos, didáticos, práticos e úteis, nos dias 11 e 18 de março e 1 de abril, na rua João Abott, 721.

ADVB-RS

Concorridíssima a posse de Sérgio Maia na presidência da ADVB-RS, durante a qual ele fez inspirado discurso com base na crise e na utopia. "A crise passa, mas a utopia permanece", disse, destacando a importância de continuar sonhando e produzindo. Destacados empresários prestigiaram o evento, como Ricardo Russowski, Ricardo Vontobel, Júlio Motin, Alfredo Tellechea, Günther Staub, Renato Malcon, Paulo Tigre, Antonio Tigre, Jorge Strassburger, Sérgio Antonio Saraiva, o vice-prefeito da Capital, Sebastião Melo (PMDB), e o secretário estadual de Desenvolvimento, Ciência e Tecnologia, Fábio Branco (PMDB).

MARCO QUINTANA/JC

Painel Econômico
DANILO UCHA
Painel Econômico

Fonte : Jornal do Comércio

Compartilhe!