DANILO UCHA – O que já era ruim, ficou pior

Hernane Cauduro, vice-presidente da Abimaq

Hernane Cauduro, vice-presidente da Abimaq

A decisão do governo federal de cortar R$ 30 bilhões do Programa de Sustentação do Investimento (PSI), programa do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (Bndes), vai piorar ainda mais a situação nacional, atingindo diretamente o setor de máquinas e equipamentos, que já enfrenta acentuada queda de encomendas, paralisação de unidades e demissão de trabalhadores. O vice-presidente da entidade do setor, Abimaq, Hernane Cauduro, afirmou que a medida aprofundará a crise vivenciada pelo setor de bens de capital mecânicos, que acumula queda de 33% na receita líquida no período 2013-2015, com fechamento de mais de 60 mil postos de trabalho. Ele salientou que, além do corte, o governo federal determinou alta de juros do PSI, prejudicando pequenas e médias empresas, mais dependentes do crédito. "É de se lamentar a insensibilidade da autoridade econômica ao adotar a medida, pois não vender máquinas significa não gerar riquezas e impostos, logo o próprio governo acelera a espiral negativa, aprofundando mais a recessão econômica do País", concluiu.

Correção

Na nota publicada, sexta-feira, sobre a admissão do escritor Aldyr Schlee na Ordem do Mérito Cultural, houve um erro. Além dele, também foi admitida a Casa de Cinema de Porto Alegre.

Quase centenária

A Aida Alimentos Ltda., empresa fundada em Tuyuti, distrito de Bento Gonçalves, completará, dia 15, 93 anos produzindo alimentos de origem animal (embutidos). São salames, culatello, bresaola, salsicha Fraknfurt, presunto cru tipo italiano, salame light (85% menos gordura), além dos tradicionais copa, salame italiano e salaminho, entre outros, segundo Mariana Gasperin, diretora comercial. A indústria foi fundada, em 1922, por Ernesto Bortolo Gasperin e sua esposa Rita Dalla Chiesa Gasperin, com técnicas trazidas por seus ascendentes da região do Vêneto, na Itália. No início, vendiam os produtos de casa em casa, carregando-os em lombos de mula, enrolados em folhas de bananeira. Hoje, sob o comando da 4ª geração, a indústria usa os equipamentos mais modernos existentes no segmento de embutidos.

Sustentabilidade

Acontece, hoje, o 5º Fórum ADCE para Sustentabilidade, que debaterá a sociedade sustentável pelo viés dos valores. Até amanhã, no hotel Plaza São Rafael. Entre os palestrantes, o médico Fernando Luchese e Dom Dadeus Grings.

Hotelaria e gastronomia

Guilherme Paulus, da CVC, os chefes de cozinha Helena Rizzo e Philippe Remondeau, o hoteleiro Alexandre Gehlem, o crítico de gastronomia Josimar Melo e os proprietários do Croasonho, Japesca e Churrascaria Barranco, entre outros especialistas do setores de hotelaria e gastronomia, estarão reunidos, hoje, no hotel Plaza São Rafael, no 1º Fórum de Hospedagem e Alimentação do Sindha. Vão discutir as melhores maneiras de sair da atual crise econômico-financeira e de incentivar os setores de hospedagem e alimentação fora do lar.

Apoio Finep

O presidente do Bndes, Luciano Coutinho, garantiu, em seminário, que a Finep mantém o firme propósito de contribuir com a competitividade das empresas brasileiras nos mercados nacional e internacional, tornando-as líderes e referência em produtividade e inovação. Foi na Federação das Indústrias do Rio de Janeiro.

Câmbio

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) vai investigar 15 bancos estrangeiros e 30 pessoas por suposta manipulação de taxas de câmbio envolvendo o real e moedas estrangeiras. De acordo com a agência Reuters, são os bancos Barclays, Citigroup, Credit Suisse, Deutsche Bank, HSBC, JPMorgan, Bank of America Merrill Lynch, Morgan Stanley, UBS, Banco Standard de Investimentos, Banco Tokyo-Mitsubishi UFJ, Nomura, Royal Bank of Canada, Royal Bank of Scotland e Standard Chartered. Até agora, nenhum banco brasileiro foi citado.

Caminhoneiros

Está prevista para hoje uma greve nacional dos caminhoneiros. Curiosamente, nenhuma entidade formal da categoria faz parte do movimento. A liderança está com um desconhecido Comando Nacional do Transporte, que usou as redes sociais e os pontos de convergência de caminhoneiros, em todo o País, para divulgar o movimento. Num País onde quase todo o transporte de carga depende de caminhões, se o movimento tiver expressão, muitas dificuldades surgirão para comércio, indústria e população em geral.

Agronegócio

No próximo dia 16, será realizado, em Porto Alegre, na sede da Federasul, fórum sobre o Protagonismo do Agronegócio Brasileiro, organizado pela Associação Brasileira de Agronegócio (Abag) em parceria com a revista A Granja. Será aberto pelo presidente da Abag, Luiz Carlos Corrêa Carvalho, e o secretário da Agricultura Ernani Polo. O primeiro painel tratará do Cenário Macroeconômico e o Agronegócio, com uma palestra do economista Sérgio Valle, analista da consultoria MB Associados; depois, os Aspectos Jurídicos do Agronegócio, pelo sócio do Demarest Advogados, Renato Buranello, e, finalmente, Ameaças e Desafios para o Agronegócio Brasileiro, novamente com Carvalho. Começará às 14h. Inscrições, gratuitas, em forum@wenter.com.br ou diretamente pelo telefone (11) 3854-8060.

Painel Econômico
DANILO UCHA
Painel Econômico

Fonte : Jornal do Comércio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *