DANILO UCHA | Insegurança faz crescer a segurança privada

Formado por 2,3 mil empresas dos setores de vigilância patrimonial, transporte de valores, escolta armada, segurança pessoal e cursos de formação de vigilantes, o segmento de segurança privada deverá encerrar 2014 com crescimento de 13% em relação a 2013, ano em que avançou 11%. Representará faturamento na casa de R$ 45 bilhões (R$ 5 bilhões a mais que no último ano), segundo a Federação Nacional das Empresas de Segurança e Transporte de Valores. Por um lado, é bom, porque se trata de uma atividade que gera emprego e renda; por outro, é muito ruim, porque significa que o País está cada vez mais violento, mais inseguro e com sérias falhas no setor público responsável por nossa integridade física e material.

Insegurança II

A região Sul é responsável por 17% do faturamento do setor, com arrecadação entre R$ 5,9 bilhões a R$ 6,1 bilhões. Uma das empresas criadas nesse período é a Anchieta Segurança, fundada em 1995. Até 2013, construiu um grande portfólio de clientes, entre eles GKN do Brasil, Condor, Nexteer, Fundo Forbes, Savarauto e Stemac. No último ano, foi adquirida pela AST Facilities, juntamente com a Anchieta Serviços, e passou a integrar um grupo de empresas formada por mais de 2 mil colaboradores.

Panfácil

A Panfácil, empresa do Grupo Moinho Estrela, pioneira no segmento de pães e salgados congelados, adaptou-se ao mercado e aumentou a gramagem dos pães de forma. Oito receitas passaram de 300g para 500g. O diretor comercial da empresa, Bernardo Pretto, diz que “os clientes queriam produtos maiores para revender aos seus consumidores, uma vez que esses itens costumam ser consumidos em alguns dias e sua qualidade e durabilidade já está comprovada”. Muitos varejistas irão revender os pães com suas marcas próprias.

Churrasco Tramontina

A Tramontina, uma das maiores indústrias mundiais de talheres, utilidades domésticas, pias, cozinhas, ferramentas e outros utensílios, marcou sua participação na Copa do Mundo de Futebol com o lançamento da linha Churrasco, que será um dos pilares da marca em 2014. O trabalho promocional é da agência JWT, dirigida por Ezra Geld.

2G

Numa parceria com a Huawei, a TIM está substituindo a rede 2G no Rio Grande do Sul. Até junho, 267 sites (antenas), em 32 cidades do DDD 51, foram priorizados.  Os demais DDDs serão contemplados e a troca completa de todos os sites da TIM no Estado ocorrerá até 2015.

Queda na indústria

O faturamento da indústria de máquinas e equipamentos mecânicos do País foi de R$ 5,978 bilhões em maio último, representando uma redução de 2,2% em relação ao mês anterior. Na comparação com maio de 2013, o faturamento registrou queda de 22,7%. De janeiro a maio de 2014, o resultado de R$ 28,588 bilhões foi 13,6% inferior ao do mesmo período de 2013 e só não foi pior graças às exportações, que continuam crescendo. O balanço foi apresentado, ontem, pela Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos. Nas vendas para o mercado interno, especificamente, a queda do faturamento neste ano chegou a 33,7% em relação a igual período de 2013.

Novos queijos

Novos queijos, inclusive um Brie, serão apresentados pela Cooperativa Santa Clara, no 25º Festiqueijo, que acontecerá, em Carlos Barbosa, entre os dias 3 e 27 de julho. Serão lançados queijos Estepe, Brie, Camembert e Gorgonzola em combinações especiais, Temper Cheese Seleção de Sabores, nas versões bolinho de bacalhau, lombinho de porco e churrasco e o doce de morango.

O Dia

  • Às 9h, a Rede de Supermercados Dia inaugurará mais duas lojas, chegando a 57 unidades no Estado. Em Canoas e Esteio.
  • O jornalista Fernando Albrecht, do Jornal do Comércio, será homenageado, às 11h, pelo Tribunal de Contas do Estado.
  • O presidente do Sistema Fiergs/Ciergs, Heitor José Müller, será o palestrante na ACI Novo Hamburgo, Campo Bom e Estância Velha, às 11h45min, sobre reindustrialização, na Sociedade Ginástica Novo Hamburgo. 
  • O desembargador José Aquino Flôres de Camargo falará sobre o Poder Judiciário gaúcho no almoço da ADCE, às 12h, na Igreja Pompeia.
  • Lançamento do livro Advogado da Política, de Afonso Motta, às 18h, na Livraria Cultura do Bourbon Shopping. É uma contribuição crítica sobre política e cidadania.
  • O jornalista Ulisses Carrilho, especialista em economia da cultura, falará, às 18h, na Agência Dez, sobre social fashion, o consumidor de moda dentro do contexto político, econômico e cultural.
  • A ex-governadora Yeda Crusius (PSDB) vai lançar e autografar seu livro Coragem e Determinação – Um Infinito Ainda por Fazer, às 18h, na Livraria Saraiva do Moinhos Shopping.
  • O cantor, guitarreiro e payador argentino Lázaro Moreno veio de Santiago del Estero apresentar-se no CTG Estância da Azenha (avenida Aureliano de Figueiredo Pinto, 155), às 20h. O espetáculo com chacareras, milongas e payadas vai contar com a participação do payador brasileiro Paulo de Freitas Mendonça. 
  • O médico da seleção da Suécia e da Fifa, Lars Peterson, fará palestra, às 19h30min, no Hospital Moinhos de Vento, sobre transplantes autólogos de condrócitos, reconstrução de tecidos ósseos e musculares nos joelhos.
  • As coleções desenvolvidas por alunos do curso de Moda da Feevale serão apresentadas, às 19h45min,  no Teatro Feevale, em Novo Hamburgo.

 

Fonte: Jornal do Comércio |

DANILO UCHA
ucha@jornaldocomercio.com.br
Painel Econômico

Coluna publicada em 26/06/2014

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *