DANILO UCHA – Dinheiro externo garantirá juros mais baixos no BRDE

Luiz Correa Noronha é diretor de Planejamento do BRDE

Luiz Correa Noronha é diretor de Planejamento do Brde

Com o projeto de diminuir sua dependência ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (Bndes), no qual têm origem hoje todos os financiamentos que faz, o Banco Regional do Extremo Sul (BRDE) vai conseguir juros mais baixos para os tomadores de seus empréstimos. A expectativa é fazer acordos com outras instituições financeiras, preferencialmente internacionais, pois buscar recursos no exterior se tornou mais atraente. Tais organizações estão praticando juros de 1,5%, o que permitiria emprestar, no Brasil, a 3% ou 4%, bem abaixo das taxas praticadas pelo Bndes, que oscilam entre 6% e 7%. De acordo com informação do diretor de Planejamento do BRDE, Luiz Correa Noronha, durante apresentação do balanço do banco, feita ontem pelo vice-presidente Odacir Klein, há negociações com o Banco Europeu de Investimento, a Agência Francesa de Desenvolvimento, o KfW, da Alemanha, e o Banco da América Latina. Com sua experiência no Banco Mundial e no BID, Noronha diz que há boas perspectivas de acerto. Tais empréstimos serão para desenvolvimento de pequenas e médias empresas. Klein comemorou que o banco registrou, em 2015, o maior lucro em seus 55 anos de existência.

Estável

O mercado do boi está estável no Rio Grande do Sul. O preço do quilo vivo, para machos, anda em torno de R$ 5,48, e para vacas, em R$ 4,94.

Comunicare

A Comunicare, líder em aparelhos auditivos no Rio Grande do Sul, está aplicando um plano de negócios desenvolvido pela M. Stortti. O projeto viabilizou a parceria com a fabricante multinacional Sivantos, detentora da Siemens Audiologia para representá-la no varejo de aparelhos auditivos.

Doutorzinhos

A ONG Doutorzinhos selecionou 18 novos voluntários entre 228 inscritos. Eles irão fazer um curso e, depois, atuar na humanização de tratamentos em hospitais como doutores-palhaços.

Madero

A rede paranaense de hamburguerias Madero, com quase 70 unidades no País, vai abrir loja em Porto Alegre, em abril, no Shopping Iguatemi. Serão 44 metros quadrados, com capacidade para 166 lugares. Em 2014, a rede faturou R$ 164 milhões.

Medalha

Entre as 30 personalidades que receberam, ontem, a Medalha de Porto Alegre, esteve Milton Machado, presidente do Grupo Aspecir. O grupo é formado pela Aspecir Previdência, União Seguradora S.A., Futuro Previdência, Acvat e Socicred, trabalhando com previdência, seguros e assistência financeira.

Marcas

A empresa gaúcha Plano Base Lubianca está participando de um evento em Palmas, Tocantins. O Marcas de corpo & alma será realizado dia 5 de abril, no hotel 10, voltado para empresários do agronegócio, da indústria e do varejo e para profissionais de marketing.

Prêmio Despoluir

Com o objetivo de incentivar a redução da emissão de gases poluentes, a chamada "fumaça preta", a federação dos empresários de transportes coletivos do Estado, através do Programa Despoluir, inspecionou mais de 21 mil veículos no ano passado. Atribuiu certificado para as empresas que se enquadram nas normas do Conselho Nacional do Meio Ambiente, selecionou as que tiveram melhor desempenho e entregará o Troféu Despoluir amanhã, no auditório do Sest/Senat, avenida José Aloísio Filho, 695.

Frase

"Acabou! Não tem governo." Frase do ex-ministro da Fazenda Delfim Netto, dita a jornalistas, na semana passada, em São Paulo, sobre o governo da presidente Dilma Rousseff (PT).

MARCELO G. RIBEIRO

Painel Econômico
DANILO UCHA
Painel Econômico

Fonte : Jornal do Comércio

Compartilhe!