DANILO UCHA: As perspectivas do ano agrícola

As perspectivas do ano agrícola

COOPLANTIO/DIVULGAÇÃO/JC

Lavoura de trigo, mais uma vez, com problemas

Lavoura de trigo, mais uma vez, com problemas

O setor agrícola brasileiro enfrentará, em 2015, os mesmos problemas financeiros que os demais setores, com diminuição de crédito, aumento de custos, juros mais altos para compra de máquinas e preços contidos. O ano não será tão bom quanto vêm sendo os últimos, como já se vê pela redução de produção em algumas culturas, como trigo e milho. Mesmo assim, estima-se que o total da safra de grãos crescerá em torno de 4,5%, graças, principalmente, ao aumento da área de soja, que cresceu de 30,1 para 31,6 milhões de hectares, avançando sobre pastagens, milho e feijão. A Conab está calculando uma safra de 202,18 milhões de toneladas (95,9 milhões/t só de soja). As produções de trigo e milho diminuirão. Uma coisa é certa, os agricultores terão que tirar mais da lavoura com menos investimento, aumentar a produtividade com menos custos.

Arroz

Por que o preço do arroz está tão bom para os produtores gaúchos? Porque as exportações de dezembro foram recordes, especialmente para o Iraque, segundo o especialista Carlos Cogo. Atingiram 177.982 toneladas, as maiores do ano.

Energia

O Bndes resolveu que terá participação máxima de 50% nos itens financiáveis dos projetos de energia dos leilões de 2015. O custo financeiro será TJLP, remuneração básica do banco 1,2% a.a., e remuneração de risco até 2,87% a.a., conforme o risco de crédito do cliente. Haverá possibilidade de conversão do sistema de amortização da dívida do Bndes de SAC para Price quando houver emissão de debêntures de infraestrutura pela beneficiária do crédito, sendo o valor do crédito do Bndes dimensionado de acordo com o Sistema SAC.

Combustíveis

A Petrobras divulgou nota, sexta-feira, informando que “não haverá reajuste no preço da gasolina e do diesel”. Os brasileiros costumam encarar estes avisos ao contrário, como sinal de que haverá aumento!

Renda fixa

Mais uma dica da coluna para quem conseguiu segurar um dinheirinho, no fim do ano, e agora quer aplicá-lo. Em um cenário de alta da taxa de juros, as operações pós-fixadas, especialmente as LFTs (Letras Financeiras do Tesouro), as LCIs (Letras de Crédito Imobiliário) e LCAs (Letras de Crédito do Agronegócio), além dos CDBs, apresentam-se como as melhores alternativas. Amerson Magalhães, diretor da Easynvest, informa que as operações pós-fixadas estão entre as modalidades mais vantajosas para o investidor pessoa física neste período, em detrimento, inclusive, da tradicional caderneta de poupança.

Soprano

A indústria Soprano de Caxias do Sul, que tem 60 anos de produção nos ramos da construção civil, hidráulica, materiais elétricos e utilidades domésticas, lançou novos produtos para o verão. São baldes para gelo e caixas térmicas.

Turismo

A Associação Brasileira da Indústria de Hotéis-RS confirmou participação no 29º Salão de Negócios Turísticos Ugart/Braztoa, no hotel Plaza São Rafael, em 14 e 15 de abril. Os hotéis vão apresentar as suas atrações, programas e pacotes especiais para o outono, o inverno e a primavera.

Crescimento

O Shopping Iguatemi iniciou 2015 com 15 novas lojas e quiosques: Granado, Desigual, Contém 1gr, Body Shop, Quem Disse, Berenice, Mr. Ray, Pastialitá, Fila, Senso, Vivar, Havaianas, Guria Beachwear, Empório do Aço, Yolo (You Only Live Once)  e Atelier das Flores.

Aprovado

O Instituto de Pesquisas Veterinárias Desidério Finamor, do Rio Grande do Sul, obteve, junto ao Inmetro, a aceitação do pedido de acreditação de laboratórios para a realização de exames de virologia, parasitologia, lepstopirose, brucelose e outras enfermidades. Durante este ano, serão feitas as verificações nas instalações para a confirmação da aprovação inicial.

Black

O Guaraná Antarctica, líder na categoria, apresentou ao mercado o Guaraná Antarctica Black. O produto tem sabor do açaí e de frutas amazônicas.

35 anos

A Gerencial Auditoria e Consultoria, empresa gaúcha de auditoria, contabilidade e assessoria tributária e econômica, com sede em Porto Alegre e unidade em São Paulo, completou 35 anos no mês de dezembro de 2014. É dirigida por José Luiz Amaral Machado e Ângelo Mori Machado.

Saneamento

No período 2011-2014, a Corsan cumpriu apenas 25%das metas de investimento em esgotos e 34% em água potável. O levantamento é da Associação Gaúcha dos Engenheiros de Obras de Saneamento. Há muito trabalho pela frente da nova administração.

Melhores

As duas lojas de Porto Alegre (Zona Sul e Moinhos de Vento) da CI Intercâmbio foram consideradas as melhores lojas próprias entre todas a da marca do Brasil.  Um loja do Rio ficou em terceiro.

Até marmelo

As indústrias de doces de Pelotas importaram marmelo vermelho e branco do Uruguai para suas marmeladas. No passado recente, o município foi um grande produtor de doces e de frutas variadas.

Liquidações

O fraco desempenho das vendas no final do ano antecipou as liquidações no varejo de Porto Alegre. De acordo com o Sindilojas-RS, as promoções do momento oferecem descontos entre 30% e 70%.

Pizza Hut

A rede de pizzarias, que possui seis unidades em Porto Alegre, confirmou sua expectativa de crescimento de 18% em 2014. A perspectiva para 2015 é aumento nas atividades com investimento na tele-entrega e na abertura de, pelo menos, mais uma unidade.
O Dia

  • O BarraShoppingSul iniciará uma viagem às matas e florestas brasileiras, com a exposição Brasil Selvagem, até dia 22 de fevereiro, com fotografias, vídeos, programas interativos e atividades educacionais, como arvorismo e oficinas infantis.

 

Fonte: Jornal do Comércio |

DANILO UCHA
ucha@jornaldocomercio.com.br
Painel Econômico

Coluna publicada em 12/01/2015

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *