Custo do plantio do trigo sobe 21,77%

Agricultor precisará desembolsar R$ 3.997,10 por hectare de lavoura que vier a cultivar

01/03/2021 | 19:50 Nereida Vergara

O plantio da safra do trigo de 2021 vai custar 21,77% mais caro para o agricultor, que precisará desembolsar R$ 3.997,10 por hectare de lavoura que vier a cultivar. A indicação é do primeiro levantamento dos custos de produção da cultura do trigo, feito pela Federação das Cooperativas Agropecuárias do Rio Grande do Sul (FecoAgro). Na safra anterior, o custo por hectare foi de R$ 3.282,38.

De acordo com a pesquisa, considerando-se uma produtividade média de 60 sacas por hectare, o custo de produção por saca para este ano deve ficar em R$ 66,62. Tomados os preços de venda da semana passada, próximos a R$ 75 por saca, o produtor precisará gastar 53 sacas por hectare para fazer a semeadura.

O economista da Fecoagro, Tarcísio Minetto, entende que muitas variáveis influenciaram os custos deste ano, entre elas a taxa cambial, o aumento generalizado dos insumos e o aquecimento dos preços das commodities. Nesta segunda-feira, aponta Minetto, a cotação do trigo chegou a R$ 78,00 no Rio Grande do Sul, o que demonstra uma relação de troca ainda vantajosa para o produtor. “Mas poderia ser melhor, se o custo não estivesse tão alto”, acredita.

A Fecoagro também estima que a área plantada de trigo em 2021 tenha um incremento de 10% em relação à cultivada em 2020, passando de 915 mil hectares para 1,02 milhão de hectares. Será a primeira vez que a cultura ultrapassa 1 milhão de hectares desde 2014.

Fonte: Correio do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *