Curtas – Norma do TJ-TO

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) negou pedido do Sindicato dos Servidores da Justiça do Estado de Tocantins (Sinjusto) para que fosse impugnada a aferição da produtividade dos servidores da comarca de Dianópolis, bem como a publicação da produtividade no átrio do fórum da comarca, como prevê a Portaria nº 8, de 2015, do Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins (TJ-TO). A aferição da produtividade e sua publicação são feitas mensalmente na comarca e os servidores são agrupados por cargo e em ordem alfabética.

Fonte : Valor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *