Curtas

Movimentação bancária

O presidente do Tribunal Superior do Trabalho e do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT), ministro Barros Levenhagen, e o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, assinaram na segunda-feira acordo de cooperação técnica para viabilizar a utilização, pela Justiça do Trabalho, do Sistema de Investigação de Movimentações Bancárias (Simba). Desenvolvido pela Procuradoria-Geral da República (PGR), o sistema facilita o recebimento e processamento das informações sobre movimentações bancárias fornecidas por instituições financeiras nos casos em que o juiz determina a quebra de sigilo bancário. O software permite o tráfego dos dados pela internet, conferindo maior agilidade à sua análise.

Juizados do torcedor

Os juizados do torcedor instalados em quatro dos 12 estádios que recebem jogos da Copa do Mundo atenderam 25 demandas envolvendo torcedores durante as partidas. As ocorrências foram registradas no Rio de Janeiro, em Cuiabá, em Brasília, em Fortaleza e em Salvador. Os principais casos, atendidos entre os dias 12 e 15, trataram sobre promoção de tumulto ou invasão de local restrito às seleções de futebol. No jogo entre Argentina e Bósnia, realizado no domingo, o juizado especial instalado no Maracanã atendeu demandas envolvendo dez argentinos. Todas as audiências foram acompanhadas pelo cônsul-geral adjunto da Argentina e um representante do Ministério da Segurança da Argentina.

© 2000 – 2014. Todos os direitos reservados ao Valor Econômico S.A. . Verifique nossos Termos de Uso em http://www.valor.com.br/termos-de-uso. Este material não pode ser publicado, reescrito, redistribuído ou transmitido por broadcast sem autorização do Valor Econômico.
Leia mais em:

http://www.valor.com.br/legislacao/3587200/curtas#ixzz34zkLuktO

Fonte: Valor |

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *