Cultivo de milho no Paraná deve crescer 15%

Fonte: Globo Rural

Lavouras do cereal apontam recuperação no estado, mas soja ainda será a atividade principal da agricultura

por Globo Rural On-line

José Medeiros

Cultivo de milho no Paraná deve crescer 15,3%, conforme revela um levantamento da Secretaria de Agricultura

O Departamento de Economia Rural (Deral) da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento (Seab) do Paraná anunciou esta semana que a área cultivada com milho no estado vai crescer 15,3% nesta safra verão. A área, segundo o levantamento, vai passar de 765 mil hectares para 882 mil hectares cultivados com o grão.
O estudo realizado pelo Deral indica que a produção de milho no Paraná poderá atingir 6,86 milhões de toneladas, o que representa um aumento de 14% em relação à safra anterior de verão, quando foram colhidos 6,02 milhões de toneladas do cereal. A tendência, segundo o órgão, é um efeito direto dos bons preços internacionais do milho. O preço médio entre janeiro a agosto deste ano foi de R$ 22,78 a saca de 60 quilos, 48% acima do valor médio de 2010 que foi de R$ 15,40 a saca.
Apesar do crescimento no cultivo de milho, o cultivo de soja continua sendo a principal atividade agrícola do Paraná e, segundo o Deral, vai ocupar 78% da área agricultável nesta safra de verão, que começa no próximo mês. Mas a safra de soja (que alcançou 15,3 milhões de toneladas no ciclo 2010/2011), será menor e o órgão estima que a produção deverá girar em torno de 14,15 milhões de toneladas.
Ainda de acordo com o levantamento do Deral, a área plantada terá uma redução de 15, e os preços da soja continuam favoráveis ao produtor, 17% acima do preço médio praticado no ano passado. A média é de R$ 42,18 por saca, enquanto no mesmo período do ano passado, este valor não passava de R$ 35,95.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *