CPI denuncia entrada de arroz contaminado no RS

O relatório da CPI do Arroz da Assembleia foi aprovado ontem pela comissão e será agora encaminhado ao Ministério Público Estadual e Federal. Durante sete meses, a comissão apurou problemas e denúncias do setor, como a de que parte do cereal importado do Uruguai viria da China.
O texto do relator Marlon Santos (PDT) aponta indícios de irregularidades e sugere apuração da conduta do diretor-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anivsa) no biênio 2009/2010, Dirceu Raposo de Mello, que teria se omitido na fiscalização do arroz importado. Já o presidente do Sindicato da Indústria do Arroz de Pelotas, Jairton Krüger Russo, teria tentado obstruir os trabalhos. Zero Hora tentou contato com ambos, mas não teve retorno.
– Há indícios de que parte do cereal que importamos é chinês. Amostras da Anvisa indicam resíduos de agrotóxicos não registrados e com potencial cancerígeno – disse o presidente da CPI, Jorge Pozzobom (PSDB).
O texto deve ir a votação no plenário da Assembleia dentro de 15 dias.

Fonte: Zero Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *