Cotrijal tem faturamento recorde e injeta R$ 21 milhões na economia

A Cotrijal Cooperativa Agropecuária e Industrial apresentou nesta quinta-feira o balanço financeiro de 2020. Apesar da quebra da safra de verão e, especialmente, da pandemia, a entidade anunciou o melhor faturamento em 63 anos de existência. O resultado ameniza o cancelamento da Expodireto 2021, uma das seis grandes feiras agropecuárias do país, mas marca uma nova fase da entidade. A renovação da marca e a diversificação dos negócios, com investimentos em gestão e inovação, além da industrialização de produtos, são prova disso.

A Cotrijal encerrou 2020 com R$ 2,4 bilhões de faturamento, crescimento de 5% em relação ao ano anterior, quando atingiu R$ 2,3 blhões, Já as sobras à disposição cresceram 53% na comparação com o ano anterior, chegando a R$ 21,4 milhões – em 2019, R$ 14 milhões. A distribuição integral das sobras aos quase 8 mil associados da cooperativa foi aprovada por unanimidade durante a Assembleia. Os valores serão repassados proporcionalmente e distribuídos em espécie aos cooperados. Isso representa uma injeção na economia da região.

O presidente da Cotrijal, Nei César Manica, ressaltou que o excelente resultado se deve à gestão de custos, às novas oportunidades de negócios e ao aumento do número de produtores trabalhando com a cooperativa. "O profissionalismo da nossa equipe e a confiança do produtor foram essenciais para esse excepcional desempenho", afirmou. "Para 2021, com a crescente demanda e os bons preços, a expectativa é de uma nova safra recorde, que vem com produtividade e ótimos resultados. Seguiremos investindo na diversificação dos negócios e na capacitação de nossos associados e colaboradores para atender as exigências de mercado." O vice-presidente, Enio Schroeder, valorizou o caráter cooperativo da entidade para justificar o resultado, mesmo em um ano tão desafiador. "É o melhor sistema do mundo [cooperativismo] e ao longo desses 63 anos fizemos com que nosso associado tivesse a melhor condição de trabalho, de rentabilidade e de produtividade. Então em um ano com tantos desafios, onde o agro não parou, esse empenho da Cotrijal teve frutos. Seguiremos trabalhando e nos cuidando. Lá na frente teremos vencido mais essa etapa," acrescentou.

O ano de 2021 marca o início de um novo planejamento estratégico da Cotrijal para os próximos cinco anos. O processo faz parte dos recentes investimentos em gestão e na profissionalização do corpo diretivo.

Fonte: Jornal do Comércio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *