Cotação do cacau cai ao menor valor em 3 anos

Por Camila Souza Ramos e Cleyton Vilarino | De São Paulo

Os preços do cacau despencaram na sexta-feira, atingindo o menor patamar em três anos. A queda refletiu uma onda de liquidação de posições por parte de fundos especulativos. Na bolsa de Nova York, os contratos para entrega em março de 2017 fecharam a US$ 2.532 a tonelada, recuo de US$ 101 em relação ao fechamento anterior e o menor valor desde 4 de setembro de 2013. Na bolsa de Londres, os papéis com o mesmo vencimento caíram 74 libras, para 2.072 libras por tonelada.

"Já se esperava que haveria ou uma alta violenta ou uma queda violenta em função de elementos técnicos, que estavam chegando a um ponto de explosão. E essa explosão aconteceu para baixo", afirmou Thomas Hartmann, presidente da TH Consultoria.

Alguns analistas citaram a influência de fatores macro, como as incertezas com a eleição nos EUA e a decisão da Justiça britânica de submeter o "Brexit" ao Parlamento. A medida impulsionou a libra, pressionando commodities negociadas nessa moeda. Também há a expectativa de que as entregas de cacau nos portos da Costa do Marfim comecem neste mês a refletir a colheita da nova safra.

Hartmann disse que a tendência para os preços é imprevisível, mas ressaltou que a previsão de oferta elevada na safra atual "tende a exercer influência baixista".

  • Fonte : Valor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *