Copersucar revisa para baixo produção de açúcar e etanol no Centro-Sul

A Copersucar, maior comercializadora de açúcar e etanol do Brasil, revisou para baixo sua previsão para a atual safra de cana no Centro-Sul, a 2012/13. A produção de etanol, no mês passado estimada em 21,5 bilhões de litros, está agora prevista em 21,1 bilhões de litros. A produção de açúcar será, de acordo com o grupo, de 30,5 milhões de toneladas, ante as 31 milhões de toneladas previstas em julho. A empresa prevê, ainda, que não haverá tempo hábil para moer toda a cana disponível e que aproximadamente 30 milhões de toneladas da matéria-prima serão processadas apenas no ano que vem.

Segundo o presidente do conselho de administração da Copersucar, Luís Roberto Pogetti, a revisão não foi influenciada pelo volume de cana que será moído, que não foi alterado e deve atingir 510 milhões de toneladas na safra. A mudança se deu por causa da quantidade de açúcar contida na cana, ou seja, do ATR (Açúcar Total Recuperável), que deve ser de 134 quilos por tonelada de cana. Em julho, se previa que o ATR seria de 137 quilos por tonelada.

As exportações de açúcar para toda a região foram mantidas pela empresa, em relação à estimativa de julho, em 21,5 milhões de toneladas, bem baixo das 23 milhões de toneladas previstas no começo da safra.

Após sofrer com falta de chuvas no começo do ano e com excesso delas em maio e junho, os canaviais estão em melhor condição e o clima é favorável. Por isso, diz Pogetti, deve haver mais oferta de cana disponível para processamento. No entanto, ele acredita que, como houve muito atraso na moagem devido às chuvas (e mais chuvas estão previstas mais à frente), é possível que as usinas do Centro-Sul não consigam processar a tempo toda a matéria-prima disponível. Ele calcula que cerca de 30 milhões de toneladas de cana ficarão "em pé" para a próxima safra.

A União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica) previu em abril que o Centro-Sul vai processar no ciclo 2012/13 509 milhões de toneladas de cana e produzir 33,1 milhões de toneladas de açúcar e 21,4 bilhões de litros de etanol. Nenhuma outra revisão foi feita até o momento pela entidade.

© 2000 – 2012. Todos os direitos reservados ao Valor Econômico S.A. . Verifique nossos Termos de Uso em http://www.valor.com.br/termos-de-uso. Este material não pode ser publicado, reescrito, redistribuído ou transmitido por broadcast sem autorização do Valor Econômico.
Leia mais em:

http://www.valor.com.br/empresas/2781988/copersucar-revisa-para-baixo-producao-de-acucar-e-etanol-no-centro-sul#ixzz233PREI2z

Fonte: Valor | Por Fabiana Batista | De São Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *