Cooperativas traçam plano por crédito

Presidentes de cooperativas estarão reunidos, hoje e amanhã, em evento da Fecoagro, em Santa Maria, para elaborar projeto para recuperar a capacidade de investimento do setor. O documento será encaminhado, com apoio do Banrisul, Badesul e BRDE, à presidência do BNDES e deve contar com o coro do Ministério da Agricultura, do vice-presidente Michel Temer e da Frente Parlamentar do Cooperativismo. O objetivo, segundo o presidente da Ocergs, Vergílio Perius, é pedir redução de juros e buscar crédito ‘heterodoxo’ para investimento em plantas industriais de cooperativas que estão sem condições de oferecer garantias. Hoje, 50% das instituições gaúchas não têm mais ativos para oferecer aos bancos. Uma das possibilidades é permitir que as instituições deem como garantias créditos de PIS/Cofins, que somam R$ 1 bilhão no RS. Outra carta na manga é seduzir o BNDESPAR para injetar recursos. Segundo estudo encomendado pela Ocergs, o setor necessita de R$ 2 bilhões.

Em nível federal, o Mapa também articula apoio. De acordo com o secretário de Desenvolvimento Agropecuário, Caio Rocha, foi solicitada reunião com o diretor do BNDES, Guilherme Lacerda. O Mapa analisa a situação individualmente. ‘As cooperativas têm passivos diferentes e precisamos classificar isso para encaminhar ao banco.’ Rocha não descarta fusões para burlar a limitação de garantias.

Fonte: Correio do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *