Cooperativa Piá projeta 15% de crescimento – EMPRESÁRIOS E CIA

A Cooperativa Piá, de Nova Petrópolis (RS), na primeira prévia do trimestre de 2020, registra um crescimento de seu faturamento na ordem de 12% em relação ao ano anterior. Em um cenário de pandemia causado pela covid-19, os números obtidos são otimistas, sendo que o projetado para este ano é de 15% de aumento.

De acordo com gerente de marketing da Piá, Tiago Haugg, a empresa irá buscar os números projetados neste segundo semestre de 2020. "Dado ao cenário atual, ter crescimento no faturamento, neste primeiro trimestre, já é uma vitória. Agora, o nosso desaio é ir buscar as metas e também manter a operação saudável." A cooperativa tem cerca de três mil associados produtores que entregam matéria-prima diariamente na linha de produção.

Hoje, no total, são mais de 20 mil associados e faturamento de R$ 600 milhões. A Piá atua em mais de 85 municípios gaúchos com negócio ou atividade leiteira. Está em municípios da Serra gaúcha, Planalto e Região Metropolitana de Porto Alegre.

Haugg informa que a cooperativa vem registrando, neste momento, maior consumo de leite UHT, queijo, manteiga e requeijão, entre outros. "As pessoas estão apresentando outros hábitos, comprando produtos para cozinhar em suas casas", explica. A atitude se justiica, aparentemente, por que as pessoas estão icando mais tempo em casa devido ao isolamento social.

Haugg destaca que a cooperativa mantém o seu cronograma de lançamento de novos produtos. Neste ano, segundo o gerente de marketing, são 30 lançamentos, principalmente na Linha Piá Proissional, destinados para serem utilizados em casa, como creme de leite culinário, recheios para bolos, coberturas, entre outros. "Já a linha de iogurtes probióticos com keir da Piá cresceu 14% nos primeiros quatro meses de 2020, na comparação com o quarto quadrimestre de 2019", informa o executivo.

Ele comenta que a empresa está realizando estudos de viabilidade para o lançamento de outras linhas para 2021.

Haugg acredita que o consumo aumentará à medida que as pessoas tiverem segurança com a redução da pandemia.

Em 2020, a Piá teve de enfrentar não só os efeitos causados pela pandemia, mas a seca que atingiu, principalmente, o Rio Grande do Sul, resultando na diminuição da oferta de leite.

A Piá foi fundada em 1967, por imigrantes alemães e por um projeto binacional (Alemanha e Brasil). Ela passou a atuar em duas cadeias produtivas: leite e frutas. Em sua trajetória de mais de 50 anos, muitos produtos foram desenvolvidos; muitos deles líderes de mercado, tanto no Estado, quanto no Brasil. A cooperativa salienta que sempre manteve um rígido controle sanitário em toda sua estrutura.

Fonte: Jornal do Comércio

Compartilhe!