Convênio firmado por produtores de Mato Grosso com universidades busca solução para perdas na safra de grãos

Problemas estruturais fazem com que mais de cinco milhões de toneladas de soja e milho sejam perdidas a cada ano no Estado

Mauro Vieira

Foto: Mauro Vieira / Agencia RBS

Produtores de Mato Grosso tentam minimizar perdas

A cada safra de grãos de Mato Grosso mais de cinco milhões de toneladas de soja e milho são perdidas. Para tentar resolver o problema, a Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) firmou uma parceria com uma universidade brasileira e uma americana. Um estudo deve levantar quais são os principais gargalos e o que o setor pode fazer para tentar minimizar os prejuízos.
Segundo o Instituto Mato Grossense de Economia Agropecuária (Imea), na safra 2012/2013 devem ser colhidos quase 38 milhões de toneladas de grãos no Estado, mas  mais de seis milhões de toneladas dos grãos podem ser perdidos. Um estudo sobre as perdas na safra será realizado, financiado por uma empresa multinacional.
— Uma pesquisa da Aprosoja mostrou que aproximadamente 18% de toda a safra mato grossense acaba se perdendo entre a lavoura e o embarque no porto — afirma o Diretor de Planejamento da Aprosoja, Cid Sanches.
Para Sanches, o objetivo do estudo é tentar solucionar o problema dos produtores.
— O  grande objetivo  final é redução da fome do mundo. Com a redução das perdas você tem mais alimentos e tendo mais alimentos é possível baratear o custo do produto. Com isso mais pessoas podem consumir os alimentos — diz Sanches.

CANAL RURAL

Fonte: Ruralbr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *