Consultório agrícola: morte de bovinos em época de seca

Leitor pergunta se centenas de animais podem estar morrendo por contaminação em rio

por João Mathias

Jean Pimentel/Agência RBS/AE

Centenas de bovinos, que em época de seca recorrem à vazante do rio São Francisco, já morreram por causa de fraqueza e disenteria. Será que a água pode estar contaminada ou haver alguma planta tóxica às margens do rio?
José Renes Paes de Carvalho
Sento-Sé, BA
Em água corrente, é remota a possibilidade de contaminação. De outro lado, se não houver um planejamento nutricional visando à escassez de forragem sazonal em época seca, os animais podem recorrer ao consumo de plantas tóxicas. Embora a maioria delas não apresente sabor agradável, encontram-se verdes e atrativas quando não há pasto. A presença de animais mortos na área, ou em contato com as aguadas, também pode desencadear mortes por botulismo. Quando desnutridos e fracos, os bovinos estão mais propensos a desenvolver doenças infecto-contagiosas, caracterizadas principalmente por problemas respiratórios e digestivos. A fim de evitar esses problemas, faça um bom planejamento nutricional para a época seca, assegure um destino correto aos exemplares mortos e requisite um auxílio de médico veterinário para elaborar um diagnóstico preciso sobre a enfermidade. Vale lembrar que o aparecimento de doenças e elevados números de óbitos estão intimamente relacionados a falhas de manejo.
Consultor: Raul Mascarenhas, médico veterinário da Embrapa Pecuária Sudeste, Caixa Postal 339, CEP 13560-970, São Carlos, SP, tel. (16) 3411-5600, sac@cppse.embrapa.br

Fonte: Globo Rural

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *