Congresso dos Criadores discutiu temas que inquietavam setor rural em 1927

Rio Grande do Sul convivia com uma crise na pecuária devido ao contrabando de carne e charque

Congresso de Criadores foi um dos eventos que discutiu os principais temas rurais de 1927

Congresso de Criadores foi um dos eventos que discutiu os principais temas rurais de 1927 | Foto: CP Memória

Em 1927, o Correio do Povo acompanhava os últimos detalhes para a realização do Congresso dos Criadores, importante evento que reuniu representantes das associações rurais federadas vindos de todo o Estado. Os participantes definiam o momento como de “alvoroço e justa ufania”. Nele, seriam debatidos os temas que inquietavam o setor rural na época, como a crise na pecuária devido ao contrabando de carne e charque do Uruguai e da Argentina, estradas e fretes, introdução do zebu no RS, exposição de reprodutores na Capital, entre outros assuntos.

Neste Congresso foi criada a Federação das Associações Rurais do Estado (FAR) que viria a ser, mais tarde, a Farsul. No ano de 1929 é instalada, por Getúlio Vargas, então presidente da província, a Diretoria de Agricultura da Secretaria de Obras Públicas. Em 26 de junho de 1935 é criada a Secretaria da Agricultura do Rio Grande do Sul e no ano seguinte, ela é instalada de forma definitiva.

Em 20 de setembro de 1935, com grande sucesso para a época, foi realizada a Exposição Comemorativa ao Centenário da Revolução Farroupilha, no antigo Campos da Várzea, ou Campos da Redenção. Os preparativos iniciaram um ano antes, quando também ocorreu a indicação de Alberto Bins, então prefeito de Porto Alegre, para presidente do Comissariado Geral da festividade. Foi uma importante feira internacional, industrial e agrícola que marcou época pela grandiosidade de sua estrutura.

Considerada a maior exposição realizada no Brasil até então, permaneceu instalada até janeiro do ano seguinte. Um dia antes da inauguração, que contou com a presença do presidente Getúlio Vargas, o parque passou a ser chamado de Parque Farroupilha – o chafariz da Redenção, construído para o evento, é uma lembrança arquitetônica do complexo que resiste até nossos dias.

Por Correio do Povo

Fonte : Correio do Povo

Compartilhe!