Congresso deve votar veto aos R$ 600,00 para agricultores

O veto do presidente Jair Bolsonaro à ampliação do auxilio emergencial de R$ 600,00 para os agricultores familiares e outras categorias de trabalhadores poderá ser derrubado nesta quarta-feira pelo Congresso Nacional. A medida está na pauta da sessão conjunta da Câmara e do Senado, com início previsto para as 10h.

Aprovado no Senado no dia 22 de abril, depois de passar na Câmara após uma longa tramitação, o projeto de lei estendendo o auxílio emergencial para 30 categorias profissionais – ente os quais também caminhoneiros, taxistas, motoristas de aplicativo, manicures e diaristas – foi sancionado com vetos no dia 15 de maio.

Para o deputado Heitor Schuch (PSB-RS), presidente da Frente Parlamentar da Agricultura Familiar, conseguir colocar a matéria na ordem do dia já foi "um milagre". Agora, a expectativa é quanto à posição dos deputados e dos senadores, já que o projeto foi aprovado nas duas casas por unanimidade.

"Estamos em uma luta incansável pela derrubada desse veto injusto e inexplicável, que penaliza quem está precisando muito da ajuda do governo neste momento difícil, de crise econômica, provocada pela pandemia e, no caso dos agricultores gaúchos, agravado pela seca."

Fonte: Jornal do Comércio

Compartilhe!