Concessão terá menos burocracia

O Conselho Monetário Nacional aprovou medidas para desburocratizar a concessão, o controle e a fiscalização de financiamentos aos produtores rurais durante a pandemia do coronavírus. Para as operações contratadas até 30 de junho, a apresentação do registro em cartório da relação contratual entre o proprietário e o arrendatário beneficiário do crédito rural está dispensada, desde que o primeiro informe esse contrato ao banco. A renovação simplificada de custeios agrícolas e pecuários e a não fiscalização da aplicação de recursos estão permitidos até 30 de junho. E a apresentação de comprovantes de compra de insumos, pagamento de mão de obra e aquisição máquinas foi prorrogada para 31 de julho.

Fonte: Correio do Povo

Compartilhe!