Conab fará leilão para escoar trigo

O Ministério da Agricultura anunciou na última sexta-feira que vai realizar no próximo dia 2 dezembro os primeiros leilões de Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural (Pepro) e Prêmio para Escoamento do Produto (PEP) para apoiar a comercialização de trigo da safra 2016.

A Conab vai apoiar o escoamento de 215 mil toneladas do cereal por meio desses leilões iniciais. O produto tem como origem os Estados do Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina.

De acordo com a Agricultura, já foram negociados com o Ministério da Fazenda a aplicação total de até R$ 150 milhões para todos os leilões de Pepro e PEP. Mas o secretário de Política Agrícola do ministério, Neri Geller, esclareceu ao Valor, na sexta-feira, que esses primeiros leilões vão exigir apenas entre R$ 30 milhões e R$ 40 milhões. Segundo ele, após esses leilões haverá reuniões com representantes da cadeia de trigo para avaliar se há necessidade de mais leilões.

"Temos condições para fazer um leilão por semana, mas vai depender do preço, não quer dizer que vamos usar todo esse recurso", afirmou Geller.

Como já havia antecipado o Valor, o ministério pode fazer leilões de Pepro e PEP para escoar o volume de até 1,5 milhão de toneladas de trigo. O objetivo dos leilões é garantir a comercialização num momento em que as cotações no mercado doméstico estão abaixo do preço mínimo, de R$ 38,65 por saca para o trigo pão tipo 1. O que tem derrubado as cotações é a ampla oferta global e as estimativas que apontam para uma grande safra brasileira em 2016 de 6,3 milhões de toneladas.

Na visão de Hugo Godinho, analista do Departamento de Economia Rural do Paraná (Deral), a decisão deve ser positiva para o setor produtivo. "Hoje, o trigo de panificação está a R$ 35 a saca, abaixo do preço mínimo de R$ 38,65. Com esses leilões, o governo usa R$ 3 para escoar esse produto para dentro do Brasil. Não é a salvação da lavoura, mas ajuda a cobrir os custos", afirmou Godinho.

Fonte : Valor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *