Conab estima safra 2014/2015 de grãos entre 194 e 201,6 milhões de toneladas

Área plantada pode variar de 56,23 a 58,34 milhões de hectares. A soja deve apresentar o maior crescimento entre as culturas

Canal Rural/Reprodução

Foto: Canal Rural/Reprodução

Crescimento da soja nesta safra deve variar entre 3,2% e 7,3%

A intenção de plantio para a safra 2014/2015 deve ficar entre 194 e 201,6 milhões de toneladas, com uma variação de menos 0,7% a um aumento de 3,2%. O resultado representa um intervalo de menos 1,46 a um aumento de 6,17 milhões de toneladas frente aos 195,4 milhões de toneladas da última safra. Os números são do primeiro levantamento de grãos, divulgado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) nesta quinta, dia 9.

• Estados Unidos reconhecem patente de soja resistente à ferrugem asiática

O resultado se deve à cultura da soja, que apresenta um crescimento na produção, mesmo considerando o quadro internacional de superoferta de grãos, o que reduz a expectativa de preços. O crescimento da oleaginosa deve variar de 3,2% a 7,3% ou o equivalente a 2,71 a 6,28 milhões de toneladas.
Neste primeiro levantamento, as lavouras estão em fase inicial de plantio. Poderá ocorrer, no entanto, alterações na produtividade ao longo da evolução das culturas, devido a efeitos das condições climáticas e fitossanitárias.
Área plantada

A estimativa para plantio deve variar entre 56,23 a 58,34 milhões de hectares, com um intervalo de menos 1,2% a um aumento de 2,5% em relação à safra 2013/2014, que totalizou 56,94 milhões de hectares. A variação se deve também à soja que pode crescer de 1,4% a 5,5%, o que equivale a 426,8 e 1.663,6 mil hectares.

• Plantio de milho é atrasado em São Paulo por falta de chuva
A Conab fez a pesquisa de campo do dia 21 a 27 de setembro, levantando informações para a pesquisa em parceria com agrônomos, técnicos do IBGE, cooperativas, secretarias de agricultura, órgãos de assistência técnica e extensão rural (oficiais e privados), agentes financeiros e revendedores de insumos.

COMPANHIA NACIONAL DE ABASTECIMENTO

Fonte: Ruralbr

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.