Conab e BNDES destinam R$ 348 mil para agricultura familiar do Amazonas

A parceria entre a CONAB e o BNDES apoia projetos que contribuam para o fortalecimento social e econômico de organizações produtivas rurais

Baixar áudio

Agricultura familiar

Agricultura familiar deltafrut / Flickr

Sete projetos do Amazonas foram contemplados no 2º edital de Chamada Pública BNDES/CONAB e vão receber um total de R$ 348 mil para investimento em infraestrutura e serviços, com o intuito de agregar valor à produção.
O Nossa Terra conversou com Tiago Horta, gerente de Programação Operacional da Agricultura da Conab.
A Cooperativa Verde de Manicoré (COVEMA), a Cooperativa dos Produtores Agropecuários Extrativistas dos Recursos Naturais de Manicoré (COOPEMA), a Associação dos Produtores e Criadores do Paraná de Serpa (APROCRIA) de Itacoatiara, a Associação dos Produtores Rurais de Carauari (ASPROC) e a Associação dos Produtores de Hortifrutigranjeiros do Alto Crato de Humaitá pretendem investir na aquisição de equipamentos e veículos novos. A Cooperativa dos Produtores Agropecuários e Extrativismo de Parintins (COOPAPIN) vai investir na aquisição de veículos e equipamentos de informática. Já a Cooperativa dos Trabalhadores da Agricultura Familiar (COOTAF) – de Manacapuru, vai utilizar o recurso para fazer reformas e restruturações.
A parceria entre a Companhia Nacional de Abastecimento e o BNDES apoia projetos que contribuam para o fortalecimento social e econômico de organizações produtivas rurais de base familiar, fornecedoras do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) ou do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) ou ainda que operem a Política de Garantia de Preços Mínimos de Produtos da Sociobiodiversidade (PGPM-Bio) – importantes instrumentos voltados para o desenvolvimento da agricultura familiar.
A parceria prioriza o sistema orgânico ou de base agroecológica, mulheres, jovens, quilombolas, indígenas e demais povos e comunidades tradicionais.

Ouça a entrevista completa no player acima!
O Nossa Terra vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 17h (horário de Brasília), pelas rádios na Nacional da Amazônia e Nacional do Alto Solimões.

Produtor

Katia Lins

Fonte: EBC

Compartilhe!