Conab calcula safra em 196,7 milhões de toneladas

Companhia mantém projeção de aumento na soja e baixa no milho

agricultura_soja (Foto: Ernesto de Souza/Ed. Globo)
Soja deve ter oi maior aumento de área plantada, de acordo com a Conab (Foto: Ernesto de Souza/Ed. Globo)

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) revisou levemente para acima a estimativa para a safra brasileira de grãos 2013/2014. No quarto levantamento, divulgado nesta quinta-feira (9/1), a projeção é de 196,672 milhões de toneladas. No relatório de dezembro, eram esperados 195,906 milhões.

Se confirmada, a safra brasileira de grãos será 5,2% maior que a colhida no período 2012/2013, cujo volume foi de 186,864 milhões de toneladas.

De acordo com a Conab, o resultado se deve sobretudo à cultura da soja, que também teve a estimativa revisada para cima: de 90,025 milhões de toneladas no relatório de dezembro para 90,331 milhões no divulgado nesta quinta-feira. O volume representa um aumento de 10,8% em relação à safra 2012/2013, que foi de 81,499 milhões de toneladas.

A produção de milho também teve uma leve revisão para cima, passando de 78,783 milhões de toneladas para 78,967 milhões. Ainda assim, a produção, somadas primeira e segunda safras, deve ser 5,9% menor que a do ciclo passado, que chegou a 81 milhões de toneladas.

saiba mais

“A queda prevista se deve à redução de plantio do grão em virtude dos preços mais favoráveis para o plantio de soja”, informou a Conab, em nota.

A área plantada deve aumentar 4% em relação à safra passada e chegar a 55,386 milhões de hectares. Também uma leve revisão para cima em relação ao estimado em dezembro passado (55,187 milhões de hectares).

Entre as principais culturas, a soja apresentou o maior crescimento de área: 6,6% em relação ao ciclo 2012/2013. Passou de 27,736 milhões para 29,556 milhões de hectares.

“Outras culturas também apresentaram elevação em relação à área, como o arroz, feijão e algodão. Por sua vez, o milho primeira safra apresentou decréscimo de área de 4,7%, passando de 6,8 para 6,5 milhões de hectares”, informou a Conab.

IBGE

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) também divulgou sua projeção para safra agrícola nesta quinta-feira (9/1). A projeção é de 189,556 milhões de toneladas, um aumento de 0,7% em relação à colheita deste ano, que foi calculada em 188,2 milhões de toneladas.

“Dentre os dez produtos de maior importância, analisados para a próxima safra de verão, seis apresentam variações positivas na produção em relação a 2013: o algodão herbáceo (13,6%), o arroz (4,2%), o feijão 1ª safra (39.9%), o fumo (3,4%), a mandioca (8,0%) e a soja (10,5%)”, informou o IBGE.

Por outro lado, deve ter queda na produção o amendoim 1ª safra (-8,1%), a batata-inglesa 1ª safra (-0,2%), a cebola (-15,6%) e o milho 1ª safra (-4,2%).

Para o café arábica, a expectativa é de baixa de 1,9% e para o café robusta, um crescimento de 11,6%, de acordo com o IBGE.

Fonte: Globo Rural

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *