- Ricardo Alfonsin Advogados - https://alfonsin.com.br -

Comunicado de Falecimento

Comunicado de Falecimento

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJRS) informa, com pesar, o falecimento do Desembargador Otávio Augusto de Freitas Barcellos. Natural de Tupanciretã, o magistrado, de 63 anos, ingressou no Poder Judiciário em 1980, como Pretor, e, em 1982, foi empossado Juiz de Direito. Tomou posse como Desembargador do TJRS em 1998.

Formado em Ciências Jurídicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), era Especialista em Direito Ambiental, nacional e internacional e em Direito do Consumidor e Direitos Fundamentais, também pela mesma Universidade. Professor licenciado da ULBRA, da Escola Superior da Magistratura e da Fundação Escola Superior do Ministério Público do Rio Grande do Sul.

Com 40 anos de Magistratura, o Desembargador Otavio foi o primeiro Ouvidor do TJRS (2008).

A despedida ocorrerá a partir das 16h deste domingo (12/1), na Capela J do Cemitério São Miguel e Almas (Av. Oscar Pereira, 400, em Porto Alegre). O sepultamento será realizado amanhã (13/1) a partir das 10h.

Trajetória

Formado em Ciências Jurídicas pela UFRGS, em 1979, ingressou no Poder Judiciário gaúcho como Pretor, 1980, tendo atuado nas Comarcas de Porto Alegre e de Santo Antônio da Patrulha. Dois anos depois, assumiu como Juiz de Direito, jurisdicionando as Comarcas de Campo Novo, Veranópolis e Pelotas. Foi promovido para Porto Alegre em 1989, por antiguidade. Atuou no 2º Juizado da 2ª Vara Cível do Foro Regional da Tristeza e classificado, a pedido, no 2º Juizado da 13ª Vara Cível. Em 1994, atuou junto à Justiça Eleitoral.

Foi Juiz-Corregedor (Assessor da Presidência), de 1995 a 1997. Promovido a Juiz de Alçada em 1997, por merecimento, atuando como Substituto de Desembargador na 4ª Câmara Cível. 
Tomou posse como Desembargador do TJRS em 1998, atuando junto à 15ª Câmara Cível. Foi membro do Conselho da Magistratura.

O Desembargador Otávio Barcellos deixa a esposa, Susana; dois filhos, Antônio Augusto e Ângela; e duas netas, Maria Eduarda e Ana Beatriz.

Seu pai, Paulo David Torres Barcellos era Desembargador, assim como o irmão, Bayard Ney de Freitas Barcellos, que é Desembargador do TJRS.


EXPEDIENTE
Texto: Janine Souza
Assessora-Coordenadora de Imprensa: Adriana Arend
imprensa@tjrs.jus.br [1]

Fonte : JTRS

Compartilhe!