Comitê gestor aprova ajustes no Plano Trienal do Seguro Rural

Resolução publicada no Diário Oficial determina que para ser beneficiário do Pronamp, o produtor deve ter 80% de sua renda bruta anual originária da atividade agropecuária ou extrativa vegetal

Tadeu Vilani

Foto: Tadeu Vilani / Agencia RBS

Produtor deve ter renda bruta anual de até R$ 1.600.000,00

O Comitê Gestor Interministerial do Seguro Rural (CGSR) aprovou ajustes no Plano Trienal do Seguro Rural (PTSR) para o triênio 2013 a 2015, conforme Resolução Número 27, publicada no Diário Oficial da União desta quinta, dia 23.
Em seu Anexo I, a resolução estabelece que, para ser beneficiário do Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural (Pronamp), o produtor, seja proprietário rural, posseiro, arrendatário ou parceiro, deve: ter, no mínimo, 80% de sua renda bruta anual originária da atividade agropecuária ou extrativa vegetal; possuir renda bruta anual de até R$ 1.600.000,00, considerando neste limite a soma de 100% do Valor Bruto de Produção (VBP), 100% do valor da receita recebida de entidade integradora e das demais rendas provenientes de atividades desenvolvidas no estabelecimento e fora dele e 100% das demais rendas não agropecuárias.
O Anexo II determina que o segurado deverá declarar no Termo de Responsabilidade do Produtor Rural se é um produtor orgânico credenciado em uma das modalidades de certificação: Sistema Participativo; Certificação por Auditoria.

Fonte: Ruralbr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *