COMISSÃO ESPECIAL – Reforma da Previdência: votação fica para esta quinta

Parlamentares do agro tentaram retirar parte do texto que prevê a taxação previdenciária sobre as exportações agrícolas e outro trecho que derruba o perdão das dívidas do Funrural

Votação reforma previdênciaComissão especial da Previdência durante sessão de quarta – Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

Depois de quase seis horas de reunião para vencer a obstrução de partidos, a comissão especial que analisa a reforma da Previdência (PEC 6/19) na Câmara dos Deputados deve votar o texto principal da proposta nesta quinta-feira, dia 4. Na quarta, dia 3, deputados da oposição apresentaram cinco requerimentos para tentar adiar a votação, mas todos foram negados. O presidente da comissão, Marcelo Ramos (PL-AM), marcou uma nova sessão para às 9h desta quinta.

Durante a sessão, a Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) entregou ofício ao deputado federal Samuel Moreira (PSDB-SP), relator da reforma da Previdência, pedindo a retirada de dois trechos do texto: um que prevê taxação previdenciária sobre as exportações agrícolas e outro que derruba o perdão das dívidas do Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural (Funrural). 

  • Em comunicado, a FPA argumentou que o agronegócio é um dos principais setores da economia brasileira e que impactos nos custos de produção traria consequências direta à competitividade dos produtos brasileiros no mercado internacional e no preço do alimentos.

    Apesar de ter recebido sinalização do governo de que a medida seria retirada, Samuel Moreira manteve, na terceira versão do seu relatório, a taxação sobre as exportações agrícolas e a parte que acaba o perdão das dívidas do Funrural.

    Por Canal Rural, com informações da Agência Câmara e Estadão Conteúdo

    Fonte : Canal Rural,

    Compartilhe!