Comissão de Meio Ambiente pede adiamento da votação do Código Florestal na Câmara

Deputado Sarney Filho enviou requerimento ao presidente da Casa, Marco Maia, pedindo que apreciação ocorra uma semana após apresentação do relatório

Fabio Rodrigues Pozzebom

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom / ABr

Presidente da Casa garantiu votação para a próxima semana

A Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Câmara dos Deputados quer adiar a votação do Código Florestal, que está inicialmente prevista para ocorrer na próxima terça, dia 24. Em requerimento enviado ao presidente da Casa, Marco Maia (PT-RS), o presidente da comissão, deputado Sarney Filho (PV-MA), pede que a votação seja marcada para a semana seguinte à apresentação do relatório do deputado Paulo Piau (PMDB-MG). Nesta terça, dia 17, Piau disse que ainda estava negociando alguns pontos do texto e deveria encaminhar o seu relatório aos líderes nesta sexta, dia 20.

“Em virtude da grave importância da matéria e suas repercussões para a sociedade brasileira, principalmente às vésperas da realização da conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio +20), solicitamos postergar a data de votação do novo Código Florestal, após apresentação formal do relatório”, diz o texto.

Em entrevista ao Rural Notícias, do Canal Rural, o presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag), Alberto Broch, defendeu a aprovação da versão do Senado.

– Entendemos que aprovar o texto do Senado é o melhor para o Brasil, neste momento. Se o relator abrir espaço para emendas, dificilmente votará o Código na Câmara. E quem mais vai sofrer é a agricultura familiar, que não tem como regularizar suas propriedades. A proposta aprovada no Senado permite ajustes diretamente nos Estados e entendemos que o melhor é aprovar essa matéria – afirmou.

Já o ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho, destaca a dificuldade enfrentada pelos parlamentares em chegar a um consenso.

– É o que eu sempre disse. Se tivermos entendimento, votamos. É difícil conseguir acordos sobre toda a matéria. Tem que ser aprovado um Código possível – aponta.

Marco Maia confirma votação na próxima semana

Apesar do apelo da Comissão, o presidente da Câmara, Marco Maia, reafirmou que a matéria estará em pauta na próxima semana.

– O pedido é legítimo, mas fechamos um grande acordo com todas as lideranças de que iríamos pautar o Código Florestal até o final de abril e nós vamos cumprir esse acordo – disse.

Maia ressaltou que o compromisso é colocar o tema em pauta, mas que a votação depende dos deputados.

– Cada um terá, no debate, a oportunidade de expressar a sua opinião, as contrariedades, e de votar contrário ao relatório se assim entender – apontou.

Confira as entrevistas do presidente da Contag e Mendes Ribeiro Filho ao Rural Notícias:

Fonte: Rurabr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *