Começa embarque de arroz doado

Fonte: Correio do Povo

 União deve apoiar venda de 30% da safra<br /><b>Crédito: </b>  itamar aguiar / cp memória
União deve apoiar venda de 30% da safra
Crédito: itamar aguiar / cp memória

Está previsto para atracar hoje, no Terminal Tergrasa no Porto de Rio Grande, o navio de bandeira suíça Andermatt, que levará arroz gaúcho para doação. O carregamento de 15 mil toneladas de cereal beneficiado a granel terá como destino o Haiti e deve levar, pelo menos, um dia e meio. Esta será a primeira remessa após o leilão de compra e venda simultânea de estoques públicos com esta finalidade. O governo federal pretende doar 500 mil toneladas de arroz em casca a serem distribuídos pela Organização das Nações Unidas (ONU). Outras 4 mil toneladas ensacadas já estão seguindo em contêineres para Moçambique.
A morosidade preocupa lideranças que estava ontem na Expointer, principalmente devido à urgência em garantir melhores preços ao cereal. "Ainda não saiu um grão do Estado", criticou o deputado Luis Carlos Heinze. De acordo com o superintendente da Conab, Carlos Manoel Farias, a operação está dentro do cronograma e o carregamento somente não ocorreu na semana passada porque o navio não havia chegado. A previsão da Conab é que o edital de um novo leilão de compra e venda simultânea para doação saia nesta semana. Desde o começo da safra, o governo federal apoiou a comercialização de 2,65 milhões de toneladas de arroz. Com a intervenção, o valor da saca reagiu, de R$ 16,00 para R$ 23,00. Em Esteio, o técnico da Secretaria de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, José Maria dos Anjos, antecipou que há recurso para apoiar mais 1 milhão de toneladas e que o próximo leilão de opção deve ser no dia 8 de setembro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *