Com forte alta nos preços do café, poder de compra do produtor sobe

As cotações do café estão subindo de forma expressiva no mercado brasileiro, o que tem aumentado o poder de compra de produtores, de acordo com informações do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea).

Especificamente para o arábica, em novembro, a média do indicador Cepea/Esalq do café tipo 6 foi de R$ 475,13 por cada saca de 60 quilos, aumentos de 12,7% frente à de outubro e de 2,9% na comparação com novembro de 2018, em termos reais.

Essa recuperação no caixa e o retorno das chuvas nas regiões produtoras têm feito com que cafeicultores voltem suas atenções aos tratos das lavouras para a temporada 2020/2021. Até então, com os preços baixos, que limitavam o poder de compra de produtores, muitos estavam preocupados com a manutenção dos tratos culturais nesta safra.

Fonte : Canal Rural

Compartilhe!