Colheita de laranja deve crescer 2,5%

A produção de laranja no Brasil deverá somar 410 milhões de caixas de 40,8 quilos na safra nacional de 2016/17, uma alta de 2,5% (ou 10 milhões de caixas) sobre o volume estimado para o ciclo 2015/16, avaliou o escritório regional do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), em relatório. A safra nacional 2016/17 corresponde ao ciclo 2015/16 nos Estados Unidos. Segundo o órgão, o clima em dezembro favoreceu a produção.

Do total, 295 milhões de caixas deverão ser colhidas na região que engloba o Estado de São Paulo e o oeste de Minas Gerais, a maior área citrícola do mundo. Para a safra 2015/16, a projeção utilizada pelo USDA é a mais recente do Fundo de Defesa da Citricultura (Fundecitrus), de 286 milhões de caixas.

Apesar do crescimento, o volume total estimado para o país ainda será menor que o da safra 2014/15, quando foram produzidas 438 milhões de caixas da fruta.

Segundo o escritório do USDA, as árvores foram beneficiadas pela baixa umidade entre agosto e setembro, que manteve um florescimento constante. Em outubro, o excesso de chuvas afetou a formação das frutas, mas o órgão avalia que houve outra floração em dezembro.

Com as boas condições, a produtividade de cada laranja também deverá crescer. Com isso, a produção de suco de laranja deve ter um incremento de 12% ante o esperado para a safra anterior, alcançando 1,092 milhão de toneladas, diz o USDA. Para os estoques finais, a estimativa é de 195 mil toneladas de suco de laranja.

Fonte: Valor | Por Camila Souza Ramos | De São Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *